Casamentos Babies & Kids 15 anos

Navegue como ou

Tira-dúvidas: como escolher o ar-condicionado

Os dias quentes de verão que estão para começar pedem um ar-condicionado. Principalmente se você mora na praia ou em regiões muito quentes. Assim como a gente, você provavelmente já se deparou com uma infinidade de modelos, potências e marcas. Para ajudar a escolher o modelo mais adequado para sua casa, conversamos com Carlos Eduardo Sousa, diretor de Negócio da Whirlpool Latin America, dona das marcas Brastemp, Consul e KitchenAid. Vem ver todas as dicas que ele nos deu:

Dúvidas sobre ar condicionado

PRÉ-REQUISITOS GERAIS

– Para realizar a instalação é necessário um local bem ventilado, em que não possa acontecer nenhum vazamento de gás inflamável. Utilizar uma base fixa, deixando a unidade externa bem nivelada, apoiada e manter a distância da parede recomendada no manual do produto.

– O ar-condicionado não pode ser instalado em um local sujo ou gorduroso, com obstrução das saídas de ar, próximo à saída de gás de vulcanização, próximo a costa marítima altamente salina ou próximo a estrada para evitar que fique sujo de lama.

– Em relação a unidade externa, se uma proteção foi construída para proteger dos raios solares, ou exposição à chuva, tenha cuidado para que o ar quente do condensador não seja restringido. Também não deve haver nenhum animal ou planta que possa afetar a saída de ar. Evitar a face oeste da casa, que é a mais crítica e pode fazer o produto perder rendimento.

PRÉ-REQUISITOS DO SPLIT

Não haver um obstáculo perto da saída de ar;
– Instalar o produto nas paredes que possuem maior distância entre si e em que seja mais fácil providenciar a tubulação e orifícios necessários;
– Manter a distância necessária do teto e da parede, segundo o esquema de instalação do produto, e garantir que o filtro de ar possa ser retirado facilmente para limpeza;
– Instalar a unidade interna o mais afastado possível de lâmpadas fluorescentes, evitando que os relés das mesmas provoquem interferências na unidade;
– Garantir que o local da instalação possa suportar o peso do produto e que não aumente o ruído e as vibrações de funcionamento.

VANTAGENS E DESVANTAGENS DO MODELO SPLIT

Os modelos splits podem ser utilizados em diversos tipos de ambientes (de 9 a 50m², devido às potências de 7000, 9000, 12000, 18000 e 22000 BTUs). A instalação deve ser realizada por meio de uma assistência técnica credenciada pela marca do produto que você comprou (caso contrário você perderá a garantia). O produto apresenta maior flexibilidade na instalação – pode ser fixado em paredes distantes de janelas, porém, não apresenta mobilidade e refrigera apenas o local em que estiver instalado, bem como seu raio de alcance.

VANTAGENS DO MODELO MULTI SPLIT

O multi split é ideal para quem precisa climatizar mais de um ambiente ao mesmo tempo e dispõe de pouco espaço externo para a instalação da unidade condensadora. A maior vantagem deste modelo é que todas as partes são independentes, ou seja, você escolhe quantas e quais evaporadoras (unidades internas) deseja ligar. Outro diferencial é que reduz o número de unidades externas, liberando espaço no exterior do ambiente.

Uma dica para disfarçar o ar-condicionado nos ambientes é pintar/envelopar com empresas especializadas

Uma dica para disfarçar o ar-condicionado nos ambientes é pintar/envelopar com empresas especializadas (Foto: Luiza Florenzano)

PRÉ-REQUISITO DO MODELO CAIXA

– instale o condicionador de ar em uma parede onde tenha uma menor incidência solar, ou seja, as melhores paredes para instalar um condicionador de ar são as que estão voltadas para o leste ou sul (face sul).
– Observe, no momento da instalação, se o local onde o produto será apoiado possui uma base plana, pois superfícies irregulares podem causar barulho durante o funcionamento dos ventiladores.

VANTAGENS E DESVANTAGENS DO MODELO CAIXA

A escolha do ar-condicionado vai depender da necessidade do consumidor. O modelo de caixa tem um custo menor, é mais fácil de instalar e tem a manutenção mais barata, o que pode ser uma boa escolha para consumidores que moram de aluguel ou em espaços pequenos, já que esses modelos têm capacidade menor do que os demais. Um ponto negativo é o ruído, que costuma ser maior do que os demais modelos.

SPLIT X SPLIT INVERTER

O modelo Inverter atinge a temperatura mais rapidamente e é mantida com menos oscilação do que o split convencional. O compressor opera variando a rotação, de modo a reduzir o número de ciclos (liga-desliga), diminuindo assim os picos de energia durante o seu funcionamento – a economia de energia pode chegar até a 40% em relação aos modelos tradicionais. Além disso, o inverter tem baixo nível de ruído e conta com o gás ecológico R410A, que não agride a camada de Ozônio.

COMO CALCULAR O NÚMERO DE BTU QUE PRECISA

A definição da carga térmica (BTUs) é baseada em diversos fatores como: área do cômodo, quantidade de aparelhos eletrônicos, quantidade de pessoas, tipo de residência, posição do sol em relação ao cômodo, etc. As capacidades de refrigeração disponíveis hoje, considerando os modelos split e janela, variam de 7.000 BTU/h a 30.000 BTU/h. Além disso, vale lembrar que existem condicionadores de ar com ciclos somente frio, indicados para regiões mais quentes e condicionadores de ar quente e frio, que durante o inverno, podem ser usados para aquecer o ambiente.

As regras gerais são: Para cada metro quadrado do cômodo, multiplica-se por 600 BTU/hora; Cada pessoa adicional soma 600 BTU/hora; Cada equipamento eletrônico adiciona-se 600 BTU/hora; e se o ambiente ficar diretamente exposto ao sol, soma-se 800 BTU/hora.

Para auxiliar na escolha do modelo ideal, a Consul disponibiliza no seu site uma calculadora virtual de BTUs.

VANTAGENS E DESVANTAGENS DO MODELO PORTÁTIL

Os aparelhos portáteis geralmente são utilizados para ambientes de até 20m² (devido à potência de 12000 BTUs), não necessitam de técnico ou obras para instalação (podem ser instalados pelo próprio consumidor em poucos minutos), ou casas alugadas. Não são fixos, podendo ser movidos para qualquer ambiente. As desvantagens são a baixa potência e o ruído feito ao ser ligado, que é perceptível.

Outra ideia é utilizar estruturas de madeira, como estas das fotos

Outra ideia é utilizar estruturas de madeira, como estas das fotos

MANUTENÇÃO

A vida útil depende do uso e zelo por parte do consumidor, não há tempo determinado. É muito importante realizar a limpeza periódica do aparelho, pois, além de aumentar o desempenho, garante a qualidade do ar. O próprio consumidor pode fazer a limpeza dos filtros. Os modelos da marca Consul, por exemplo, possuem a função “Aviso Limpar Filtro”, que ajuda a lembrar quando está na hora de realizar a manutenção.

A manutenção do ar-condicionado deve acontecer de acordo com o uso. Caso o consumidor utilize o produto todos os dias, por exemplo, ela deve ser feita continuamente, evitando principalmente o acúmulo de resíduos no filtro. Aqui vale a ressalva de que, tanto no portátil quanto no split, ela pode ser feita pelo próprio consumidor. Basta desligar o disjuntor – evitando acidentes – e utilizar um aspirador de pó para remover a sujeira acumulada em filtros HEPA e Carbono.

Para filtros fora desta especificação, a limpeza pode ser realizada com água, sabão ou detergente neutro, sempre com o lado liso da bucha. Antes de devolvê-lo ao eletrodoméstico, ele deve estar seco. Além disso, anualmente, recomenda-se a higienização química nos trocadores de calor, que é feita por uma assistência técnica.

(Fotos: Divulgação)

Veja também: Tira-dúvidas sobre mármore e granito

E mais: Aprenda a escolher piso de madeira com a Indusparquet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *