Casamentos Babies & Kids 15 anos

How to

Exibindo página 2 de 349

Navegue como ou

7 dicas para conservar os livros

1. Pelo menos duas vezes por ano, passe uma escova de roupa na parte superior dos livros e nas páginas para retirar a poeira acumulada. 2. Proteja os livros da umidade espalhando nas estantes pedaços de algodão embebidos em essência de terebitina, trocando-os depois de algum tempo. 3. A melhor coisa para exterminar traças nos livros, sem perigo de estragá-los, é usar gasolina. 4. Para proteger seus livros contra os insetos, encharque as estantes com querosene de 3 em 3 meses. 5. Nos livros com encadernação de couro, passe uma solução de éter e óleo de linhaça, em partes iguais. As lombadas dos livros devem ser limpas de vez em quando com uma pomada branca para calçados. Para conservá-los ainda mais, cubra o couro com uma leve camada de vaselina, renovando de tempos em tempos. 6. As manchas de dedos nas páginas dos livros saem se forem esfregadas com miolo de pão. Já as de mofo podem ser retiradas com um pano macio embebido em vinagre, passando a seguir um algodão seco. 7. Se as páginas estiverem grudadas por causa umidade, basta deixar o livro no sol; mas é preciso colocar algum peso sobre elas para que não curvem enquanto secam. Fonte: Sebastiana...
Leia mais

10 dicas para cuidar dos tapetes

Peça importante na decoração, os tapetes têm o poder de tornar os ambientes muito mais aconchegantes, além de ser uma boa maneira de inserir estampas, ou um toque de cor, no décor neutro. Para auxiliar na manutenção da peça, listamos 10 truques que podem prolongar a vida útil dos tapetes - e carpetes - dos mais diversos tipos: 1. A vassoura adequada para a limpeza dos tapetes é a piaçava. O aspirador (que é menos agressivo) pode ser usado de 2 a 3 vezes por semana - ou conforme ou necessário. 2. O sol não deve bater diretamente sobre o tapete, mas, se isso não puder ser evitado, mude-os de vez em quando de posição. 3. Para assentar as pontas reviradas dos tapetes, passe o local com ferro bem quente, sobre um jornal molhado. 4. Se o tapete precisar ficar guardado por muito tempo, cubra-o todo com jornal, salpique querosene e natfalina, e só então enrole-o. Outra dica é que os tapetes polvilhados com sal de cozinha não pegam cupim. 5. Para uma lavagem simples, um pano umedecido em vinagre pode ser esfregado em toda a superfície, e, à medida em que o pano vai ficando sujo, renove a operação até que ele saia limpo. Depois, deixe o tapete secar, de preferência estendido no chão, para não deformar. 6. Se o tapete estiver com mancha de bebida alcóolica, toque suavemente o local com uma solução de água morna e sabonete ou sabão em pó fino. Depois, passe água limpa, deixe secar e escove. 7. Se a mancha for de café, enxugue rapidamente...
Leia mais

10 dicas para economizar água

A falta de água já é uma realidade para grande parte do estado de São Paulo. Com a redução do volume do principal reservatório da capital paulista, resta à população recorrer a alternativas que colaborem para a economia de água. Não deixa de ser um bom momento para repensarmos nossos hábitos em relação a este recurso natural que, ao que tudo indica, será cada vez mais escasso. Pensando nisso, separamos algumas dicas que podem ajudar a estabelecer novos hábitos no dia a dia: 1. Junte uma grande quantidade de roupas antes de lavá-las na máquina ou no tanque. Aproveite a água do enxágue para lavar o quintal ou a calçada. 2. Evite jogar na descarga objetos como papel e pontas de cigarro, que, além de entupirem o vaso, necessitam de mais água para escoar. 3. Ao escovar os dentes, feche a torneira e, ao enxaguar a boca, utilize um copo com água. 4. Para economizar ainda mais, uma boa dica é optar por produtos que não utilizam água na limpeza em casa - nos vidros, por exemplo, utilize um limpador específico e passe um pano seco em seguida. 5. Para quem tem lava-louças, utilize-o com capacidade máxima - isso faz com que se use 6 vezes menos água. Com isso, a economia pode chegar até 97 litros por lavagem. Lavar a louça à mão, com a torneira aberta por 15 minutos, consome 117 litros de água. Já a máquina consome 20 litros. 6. Para quem não usa a máquina lava-louças, o ideal é ensaboar toda a louça com a torneira fechada, para depois enxaguar tudo de...
Leia mais

Como resolver 5 problemas com sapatos

Quem nunca teve um sapato de camurça arruinado pela chuva? Ou sofreu para tirar as manchas de um par novinho? Pois esse e outros problemas podem ser facilmente resolvidos com a ajuda de alguns truques e soluções caseiras. Abaixo, 5 dicas para manter os sapatos sempre impecáveis: - Se o sapato estiver molhado, não o deixe secando ao sol. Nessa situação, o melhor é colocar jornais amassados dentro dele. Os jornais absorvem a umidade e impedem que o sapato fique deformado. Se ele já estiver manchado de água, espere que fique úmido, para então esfregá-lo com um pano de lã. Depois, aplique graxa incolor e lustre. - Para alargar um sapato apertado, basta umedecê-lo bem por dentro, com álcool ou água, e enchê-lo com papel amassado e também umedecido, apertando bem. Retire o papel depois de 12 horas, e calce o sapato ainda úmido, para que fique com a forma do pé. Se o couro for duro, amacie-o esfregando um pano embebido em azeite. - Para tirar o mau cheiro dos sapatos, use talco boratado. Você pode também inserir um pouco de polvilho anti-séptico ou bicarbonato no interior do sapato. - Para remover manchas de um sapato de cor clara, basta esfregar o local com uma batata crua. Nos sapatos de couro, você pode passar lustra-móveis líquido ou spray para limpar vidros. - Os sapatos de camurça devem ser limpos com uma escovinha metálica própria e, em seguida, com uma escova de borracha, sempre no sentido do pêlo. Na falta dessa escova, passe um pano embebido em benzina, escovando com uma esponja de aço nova e seca. Para se...
Leia mais

5 dicas para cuidar dos móveis de madeira

Não é difícil perceber quando um móvel de madeira precisa de mais atenção. Manchas de umidade, arranhões e rachaduras são só alguns dos problemas que esse tipo de mobília pode enfrentar. Para ajudar na manutenção, que nem sempre é simples, selecionamos algumas dicas e cuidados específicos para a madeira: - Na madeira riscada, use óleo de bebê para tirar manchas e pequenos arranhões. Para riscos maiores, use giz de cera colorido. Misture cores para chegar ao tom da madeira e passe sobre o risco. Dê um leve polimento com pano seco e macio. - Para remover as marcas de calor, aplique cera de abelha morna com a parte externa da casca de limão. Se a marca for muito grave, passe a mistura de 1 parte de bicarbonato e 1 de azeite, deixe agir por alguns minutos e dê polimento com um pano. - A cera de abelha funciona também na remoção de manchas brancas na madeira escura,  basta aplicar a mistura de cera de abelha com aguarrás na madeira. A quantidade dependerá do tamanho da mancha. Outra técnica é cortar ao meio uma noz descascada e esfregá-la na mancha para escurecê-la. - Para as gavetas que enroscam, uma boa solução é esfregar sabão, cera de vela ou talco nas partes corrediças. Caso as junções estejam soltas, passe cola para fixá-las. - Para evitar o mofo nos armários e gavetas, deixe dentro deles alguns pedaços de giz ou saquinhos cheios de cal. Você pode ainda vaporizá-los internamente com essência de terebintina. Pequenas lâmpadas infravermelhas, permanentemente acesas dentro dos armários, também previnem o mofo....
Leia mais

Resolvendo 5 problemas com panelas

Manter os utensílios domésticos impecáveis nem sempre é tarefa simples. No caso das panelas, item número 1 na lista dos itens essenciais de qualquer cozinha, a missão pode ficar mais fácil se seguirmos algumas dicas de limpeza e conservação. Listamos 5 abaixo: - Nas panelas queimadas, polvilhe bicarbonato e espirre vinagre em cima. Esfregue com a escova de nylon enquanto estiver efervescendo. Se a queimadura for muito grave, você pode repetir a operação duas ou três vezes. - Para remover manchas de ovo, vista luvas de borracha, e coloque dentro da panela meia casca de ovo, uma tira de papel alumínio e uma xícara de vinagre. Reserve por meia hora e a mancha de ovo sairá. Funciona porque o cálcio na casca de ovo cria um depósito de cal que absorve a mancha. - Se a panela estiver enferrujada, corte uma batata ao meio e mergulhe a parte cortada em um pouco de bicarbonato. Esfregue na ferrugem e enxágue com água. O amido e o iodo da batata removem a ferrugem. O bicarbonato reage com o amido e com o iodo e forma um leve cáustico. - Nas panelas amassadas, coloque a ponta de uma colher de pau do lado de dentro da parte amassada, e bata com um martelo levemente no cabo da colher, até que desamasse. Se o fundo da panela estiver amassado, coloque um bloco de madeira dentro, outro embaixo, e bata neles com o martelo. A técnica também serve para panelas de teflon. - Se o cabo da panela começou a soltar, enrole-o com um barbante de culinária e cubra-o...
Leia mais

Como limpar móveis de couro

Móveis de couro combinam bastante com decorações contemporâneas! Para o couro durar é preciso limpar de forma adequada e hidrata-lo. Separamos algumas dicas para ajudar nesta tarefa: Limpeza Para tirar pó e eventuais farelos, passe o aspirador de pó em baixa potência com o auxílio de cerdas macias. Para a limpeza de fato, água, sabão de coco e dois panos limpos dão conta do recado. Limpe o couro com um pano levemente umedecido em água e sabão de coco em movimentos suaves e circulares. Depois, passe um pano seco e macio para secar a superfície do móvel, sempre com delicadeza. Hidratação Assim como a nossa pele, o couro também precisa de hidratação. Esse processo é fundamental para que ele não fique quebradiço e com a aparência ressecada. Existem no mercado hidratantes feitos especialmente para o material, que podem ser aplicados com a ajuda de um pano limpo. Fontes: Sebastiana Quebra-Galho, Folha de S.Paulo, iG | Foto: Roberto...
Leia mais

Arranjos de flores em garrafas

Flores deixam qualquer ambiente mais alegre e bonito! Além de trazerem vida aos espaços, os arranjos dão aquele charme, mostrando um cuidado dos moradores em relação à casa. Montá-los é um mistério para muita gente, e, por isso, entramos em contato com Luiza Ceridono, da Bothanica Paulista, pedindo dicas de como fazer um arranjo de flor lindo sem erro! Uma opção que fica bacana e ainda deixa o ambiente com um ar descolado é o arranjo em garrafa. Para fazê-lo, uma bela coleção de garrafas e potinhos variados quebra o galho! Podem ser embalagens de bebida, aquela bonitinha de suco, o vidrinho de remédio âmbar bem com cara de antigo e por aí vai. Dá para fazer a linha mais clean e usar um modelo só, mas o mais legal é misturar tamanhos, cores e formatos: (Foto esquerda: Julia Ribeiro) (Foto esquerda: Graziela Widman) Dá para variar nas flores também, mesclando cores ou escolhendo uma só. Se for misturar espécies, cuidado! Para facilitar e garantir o resultado, elas têm que conversar entre si. Prefira aquelas na mesma cor ou estilo (exóticas, tropicais, românticas, etc). Misturar rosas com bromélias, por exemplo, pode ficar estranho. Flores mais esculturais como orquídeas, tulipas e curcumas garantem uma escolha mais acertada: (Foto esquerda: Daniela Picoral | Foto direita: Ezyê) Flores mergulhadas em vasos de vidro também formam arranjos legais e são fáceis de fazer! Os recipientes podem ser globos ou modelos retos e maiores. Aqui, não mescle flores diferentes no mesmo vaso. Mas, se estiver atrás de uma composição mais ousada, misturar arranjos de diferentes espécies é uma boa opção: (Foto esquerda: Luisa Meyer) Importante: lembre-se sempre de...
Leia mais

Como escolher o colchão ideal

Ano passado, fiz este post sobre a procura do meu colchão. Conversando com a Lollô Tenucci, especialista em colchões da Sleep Solutions, percebi que algumas coisinhas estavam faltando. Juntando as informações que pesquisei na época e acrescentando as dicas da Lollô, elaboramos algumas regrinhas básicas para te ajudar na escolha de um bom colchão: O colchão talvez seja um dos itens mais importantes (e usados!rs) da casa, de modo que a escolha deve ser muito bem pensada! O colchão ideal pode evitar problemas de saúde, como desvio de coluna, má circulação, dores musculares e insônia, além de contribuir para um sono de qualidade! O que foi decisivo na hora de escolher o colchão da minha casa: a rigidez do colchão (já que temos um pouco de dor nas costas), o tipo de mola (já que nos mexemos muito à noite), o material do colchão (que deve ser de qualidade para durar e não deformar), o tecido que envolve o colchão (que não deve nos esquentar) e o prazo de teste (por quantos dias podemos experimentar o colchão e, caso necessário, trocá-lo por outro). O que levar em conta: - Peso e altura: O ideal é que o colchão acompanhe a curvatura natural da coluna e suporte todas as partes do corpo. Normalmente, as lojas têm uma tabela que indica a densidade ideal para cada corpo. Além disso, deixe a vergonha de lado e teste o colchão na loja. Passe alguns minutos sobre ele, deitada de lado, e veja se é realmente confortável. "Colchões baixos não são indicados para pessoas com mais idade, pois, na hora de levantar, o peso do corpo é apoiado nas pernas", Lollô Tenucci dá a dica. - Casal com diferença significativa...
Leia mais

Aprendendo a escolher e comprar alimentos

A Dedo de Moça, nossa parceira de receitas, tem uma ótima série de vídeos que ensina a escolher e comprar alimentos. Até agora, são três episódios: como escolher tomate, como escolher frutas e como escolher peixes e especiarias. Vale a pena ver antes de ir à feira! 1. COMO ESCOLHER TOMATE http://vimeo.com/58302626 2. COMO ESCOLHER FRUTAS http://vimeo.com/61772348 3. COMO ESCOLHER PEIXES E ESPECIARIAS http://vimeo.com/61772349 *Clique aqui para baixar o ebook de apoio aos...
Leia mais