Casamentos Babies & Kids 15 anos

Tags

Posts encontrados com a tag galeria de arte

Navegue como ou

Tatiana Hofstadler arma exposição de arte abstrata no Clube Hebraica

Tatiana Hofstadler está em cartaz na galeria do Clube Hebraica, em São Paulo, com sua exposição Aquintessência. Com curadoria de Olívio Guedes, a mostra reúne o trabalho abstrato da artista plástica em obras que representam ar, água, terra e fogo. As telas são reflexos do que Tatiana viu em suas andanças pelo mundo - ela já morou na Áustria, Estados Unidos, Índia e Japão. Dá uma olhas nas fotos e que separamos e que servem de inspiração para os fãs deste trabalho que estão reformando a casa: SERVIÇO: Exposição Aquintessência Local: Clube Hebraica Endereço: Rua Hungria, 1000 Data: até dia 12 de setembro de...
Leia mais

10 fotos da SP-ARTE/Foto 2016 para decorar a casa

Começa nesta quinta-feira (25/8) para o público a 10ª edição da SP-Arte/Foto, mostra criada em 2007 por Fernanda Feitosa que traz o highlights da fotografia. Com 32 galerias nacionais, 5 a mais que do ano passado, a mostra reúne vários estilos e gerações de profissionais, o que se reflete em preços para todos os bolsos de colecionadores - os cliques variam de R$ 3.000 por edições de jovens artistas com tiragem maior a R$ 150 mil por cópias vintage, em geral de grandes autores consagrados. Dentre as galerias que já fazem parte da SP-Arte/Foto há algumas gerações estão: Casa Triângulo, FASS, Gávea, Luciana Brito, Millan e Vermelho, tendo no catálogo destaques do Brasil e do mundo, com representantes modernistas e contemporâneos; as galerias Babel, Lume e Portas Vilaseca, focadas na contemporaneidade; e a Fólio e Schoeler, voltadas aos fotolivros. Este, segundo Fernanda, é um dos maiores fenômenos do mercado da fotografia contemporânea. "Os fotolivros tornam a obra de muitos fotógrafos acessível a um público maior, colocando a produção dos artistas em ampla circulação. Além disso, promovem múltiplas possibilidades e saídas criativas.” Em paralelo à exposição, três atividades: a mostra especial “Paralelas e diagonais”, com curadoria de Isabel Amado e Iatã Cannabrava, reúne 30 imagens de autores consagrados, como José Yalenti, Gertrudes Altschul, Eduardo Salvatore, Marcel Giró, Mario Fiori, Georges Radó e Paulo Pires. Eles formavam o movimento Escola Paulista, nascido na década de 1950, dentro do Foto Cine Clube Bandeirante, caracterizado por buscar composições geométricas nas imagens. As outras duas programações diz respeito ao lançamento de 11 livros e a série de palestras “Talks/Foto: perspectivas”, com participação de...
Leia mais

Gabriel Wickbold: poeta, músico, fotógrafo e o mais novo galerista de SP

A gente adora o trabalho fotográfico do Gabriel Wickbold, já fizemos até um ensaio com ele para o nosso blog de Casamentos. E em 2016, ele deu um novo passo em sua carreira: abriu uma galeria de arte em São Paulo. Fomos conhecer o novo espaço e bater um papo com ele. Vem ver como Gabriel foi parar na fotografia, depois de escrever um livro de poesia aos 12 anos e comandar banda e estúdio de música dos 14 aos 22 anos. Leia mais: A primeira exposição na galeria Gabriel Wickbold CLIQUE 1: COMO TUDO COMEÇOU... Quando tinha 12 anos, escrevi um livro de poesia, publiquei e comecei a dar palestras em diversas escolas sendo uma criança ainda. E isso já foi uma plataforma para eu me tornar um comunicador. Depois disso, comecei uma banda, que durou dos meus 14 até 22 anos. Montei um estúdio, onde gravava o que compunha, além de produzir muita gente legal. CLIQUE 2: A TROCA DAS BAQUETAS PELA CÂMERA Em 2005, fiquei um pouco saturado com a música, com o fato de que dependia muito mais das outras pessoas do que de mim para dar certo. Na música, não basta ser um bom cantor para dar certo. Fiquei cansado dessa história de “olha o meu trabalho, olha o meu trabalho...”. Fiz duas viagens curtas, uma para a Califórnia e outra para o Peru, das quais voltei com muito material fotográfico. Dai surgiu a ideia de fazer um trabalho sobre o povo brasileiro. E após conversar com o Rubens Fernandes Junior, que foi meu professor na faculdade e é o maior...
Leia mais

Roteiro artsy nos Jardins

Fim de semana do Dia dos Pais e você só programou uma ida aquele restaurante de todos os anos? Pois, saiba que São Paulo nestas datas comemorativas fica mais vazia e maravilhosa para quem precisa se atualizar culturalmente. Pensando em ajudar quem quer surpreender seus familiares, fizemos um roteiro artsy para fazer a pé e em um dos bairros mais gostosos da cidade: os Jardins! Nossa programação começa - bem cedo! - no buffet de café da manhã da Galeria dos Pães, na Rua Estados Unidos. A escolha se faz necessário pela variedade e praticidade do cardápio. Portanto, capriche e não demore, porque o dia será longo! Na saída, siga à direita, atravesse a rua e já dê seu primeiro alô na exposição "Porcelana e Vulcão", de João Castilho, na Zipper Galeria. Sem dúvida uma ótima pedida, afinal, além das magníficas fotografias, os fãs do fotógrafo poderão conhecer uma nova vertente, a da escultura. Continue no mesmo sentido, dobre à esquerda na Alameda Ministro Rocha de Azevedo e suba dois quarteirões até chegar na Galeria de Babel. Por lá, Alfredo de Stéfano apresenta seu tema favorito, o deserto, na série fotográfica “Tempestade de Luz”. As imagens são brilhantes e o clima austero destas regiões do mundo provoca os visitantes. Caminhe por cerca de 100 metros pela Alameda Lorena e vire à direita, na Rua Padre João Manuel, onde a mostra "Eames-Derivative", do venezuelano residente em Berlim Alessandro Balteo Yazbeck, na Galeria Luiza Strina, irá te provocar com os efeitos das estratégias de propaganda governamental e diplomacia cultural. É sempre irritante e instigante ver...
Leia mais