Casamentos Babies & Kids 15 anos
Topo

Navegue como ou

Saiba como deixar a ceia de Natal e Ano Novo mais light

nutricao-em-casa

cz-decoracao-casa-nutricao-em-casa-ceia-de-natal-light-1

A maioria das pessoas já reserva as festas de final de ano para o ganho de alguns quilinhos, mas também é possível deixar a ceia de Natal ou Ano Novo mais light sem abrir mão da fartura característica dessa época do ano.

O maior problema dessas datas é que a mesa costuma ter tantas opções que acabamos querendo comer um pouco de tudo, o que deixa nossa refeição bem mais calórica. Por isso, minha sugestão é organizar o prato, ou seja, escolher apenas uma opção de carboidrato, outra de proteínas e complementar com saladas, legumes e verduras.

O carboidrato pode ser um arroz com vários grãos – além de ter um baixo índice glicêmico combina com o peru –, ou um “arroz de couve-flor”. Basta refogar a couve com cebola e alho até que ela fique al dente, temperar com sal e outros ingredientes da sua preferência e depois picar bem. A lentilha, outro alimento típico das celebrações de Ano Novo, também pode ser uma boa opção no Natal, pois tem um baixo índice glicêmico e combina com os demais pratos.

Como proteína, por que não trocar o tender pelo peru? Ele é bem menos calórico, tem baixo teor de gorduras e também é super saboroso. Já a farofa, um alimento quase obrigatório nessa época do ano, pode ser feita de uma maneira mais saudável e rica em nutrientes, utilizando castanhas e sementes. Basta misturar as castanhas de sua preferência com sementes de girassol e abóbora – antes, você pode quebra-las de maneira bem rústica – e colocar no forno para dar uma torradinha e ficar crocante. Se você gosta de frutas secas, pode acrescentá-las também. Fazendo isso, sua farofa será livre de carboidratos e uma fonte de gordura saudável, o que te deixará saciada mais rápido.

Dessa forma, você consegue comer os pratos típicos sem exagerar, até mesmo porque essas datas sempre acompanham bebidas alcóolicas, como vinho e champanhe, e sobremesas. O vinho poder ser um bom acompanhamento, mas sem exageros. O ideal é consumir entre uma e duas taças junto com a refeição. Já as sobremesas, podem ficar por conta das muitas opções de frutas secas ou frescas típicas da época, como lichia, fruta-do-conde, ameixa, cereja, romã e uva.

Petiscos lights são bons aliados

Petiscos lights são bons aliados

Cuidado com os aperitivos. Eles podem ser um perigo, pois vamos comendo sem perceber e nunca temos ideia do quanto comemos. Como normalmente o jantar é servido mais tarde, a dica é fazer um lanchinho saudável antes de sair de casa. Isso ajuda a controlar sua fome e te impede de sair atacando tudo o que ver pela frente. Montar aperitivos mais lights também pode ser uma ótima opção. O edamame, por exemplo, tem um bom teor de fibras e proteínas e poucos carboidratos; os tradicionais palitinhos de cenoura e pepino também quebram um bom o galho; pastinhas, como guacamole e homus são interessantes, só não vale comer muito pão para acompanha-las.

E nada de descuidar dos exercícios físicos neste fim de ano! Procure fazê-los normalmente, isso vai aumentar o seu gasto calórico, ajudando a compensar as calorias que serão ingeridas a mais.

Aproveito para desejar ótimas festas a todos e até 2016!

Karina

Veja também: A abóbora, uma aliada de peso na alimentação

Drª Karina Al Assal é nutricionista graduada pelo Centro Universitário São Camilo, especialista em nutrição clínica pelo Hospital Sírio Libanês, especialista em nutrição clínica funcional pelo Instituto Valéria Paschoal e mestranda em nutrição e cirurgia metabólica do aparelho digestivo pela Faculdade de Medicina de São Paulo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *