Casamentos Babies & Kids 15 anos
Topo

Navegue como ou

Pergunta e resposta: 11 dúvidas de decoração de quarto por Diego Revollo

Na última sexta-feira (6), fizemos o primeiro #FacetoFace do Casa & Decor. Nosso convidado para a estreia foi o arquiteto Diego Revollo, que respondeu em real time as dúvidas dos nossos leitores sobre decoração de quarto. Adoramos a experiência, e reunimos aqui as perguntas e respostas mais bacanas. Vem ver:

Constance Zahn: Oi, Diego! Tudo bom? Vou começar com uma dúvida minha, pode ser? O piso do meu quarto é de madeira, mas eu gostaria de um mais aconchegante… só que meu marido é alérgico. Existe algum tipo de tapete/carpete recomendado para este caso? Bjs

Diego Revollo: Mesmo com pisos de madeira, sempre recomendo o uso de um tapete, justamente por essa razão: deixar o quarto mais aconchegante. Hoje, os mais recomendados para quem é alérgico são os de fios de nylon. Por terem as fibras sintéticas, sua aspiração é fácil e podem ser lavados, caso você sinta necessidade. Eles se comportam bem após a lavagem e ainda permanecem como se fossem novos.

No quarto projetado por Diego Revollo, o piso de madeira recebeu um tapete cru

No quarto projetado por Diego Revollo, o piso de madeira recebeu um tapete cru

. . . . . . . . . . . . . . . 

Beatris Nascimento: Tenho alergia e gostaria de saber quais tecidos são os mais indicados para a cortina. 

Diego Revollo: Beatris, para quem realmente é alérgico eu até prefiro as persianas, porque são as mais praticas para manter e as que menos acumulam pó. Mas se você prefere uma cortina, escolha uma trama sempre sintética que é a única que vai suportar repetidas lavagens. E, de preferência, de tecidos mais leves.

. . . . . . . . . . . . . . . 

Paty Moraes: Acho que o mais difícil é escolher a cor da parede pra sair do branco tradicional. Para quem não gosta de muita cor, o que você indica?

Diego Revollo: Paty, pra quem não tem afinidade com a cor, indico ao invés da pintura a escolha de papéis de parede e, às vezes, a aplicação de tecido em uma ou todas as paredes. A vantagem do papel é que existem diversas padronagens bem suaves, neutras que fogem do branco e que costumam agradar a todos sem pesar no visual.

. . . . . . . . . . . . . . . 

Giovanna Cunha: Existe uma iluminação ideal para o quarto, ou o arquiteto pode se aventurar na escolha das lâmpadas?

Diego Revollo: Para o quarto, o que todos deveriam evitar são os Spots, principalmente de dicróica, exatamente sobre a parede da cabeceira da cama. Isso é um erro comum e do ponto de vista do conforto é extremamente desagradável esse ofuscamento que focos diretos de luzes provocam. Mas os Spots não estão proibidos, desde que sejam utilizados nas paredes laterais ou até na parede oposta a cabeceira da cama. Para as luminárias decorativas como lustres e plafons, vale a quantidade adequada de luz e o modelo que mais combine com a decoração.

. . . . . . . . . . . . . . . 

Paula Bosqueiro: Minha dúvida é sobre composição de quadros no quarto. Meu quarto é pequeno e em uma parede vou colocar gravuras (fotos de viagens) de tamanhos diferentes e molduras que harmonizem entre si. Na outra, posso colocar mais quadros assim? Eles devem seguir a mesma linha ou pode ser outra proposta e outras molduras? 

Diego Revollo: Oi Paula. Particularmente, prefiro a composição de quadros sempre em paredes laterais, pois normalmente são maiores e estão mais livres. A idéia de molduras e tamanhos diferentes é super atual e dificilmente não fica bacana. O conselho é priorizar apenas uma parede para esse tipo de montagem. Quando você passa a usar esse recurso nas outras ele fica repetitivo e deixa de ser interessante. No seu caso, se ainda sentir falta de quadros, aposte em apenas uma foto e faça uma ampliação grande nessa outra parede. Ficará bem mais bacana!

Na parede da cabeceira, um único quadro transforma o decor

Na parede da cabeceira, um único quadro transforma o decor

. . . . . . . . . . . . . . . 

Tatiana Bittu: Para o quarto, o teto deve ser mais escuro ou mais claro do que as paredes? Outra dúvida: no caso de dois filhos dividirem o mesmo quarto com idades bem diferentes, devo decorar cada lado proporcional a idade ou ornar as duas épocas numa única decoração?

Diego Revollo: A regra comum é adotar o teto branco pois ele da uma sensação de amplitude no pé direito. No entanto, sempre quis buscar soluções estéticas diferentes em meus projetos, e acho que essa regra não precisa ser levada tão a sério. Se você quer um resultado mais atual e moderno, uma idéia é usar a mesma cor das paredes também no teto. Ou, caso queira variar, vale um tom que complemente o conjunto ou de preferência mais claro, considerando que hoje é mais raro um pé-direito generoso nos apartamentos novos. Para a decoração dos seus filhos, pense em uma decoração com a estrutura mais neutra e fuja de temas. Usando cores suaves e pensando em um quarto para os dois ficará lindo.

. . . . . . . . . . . . . . . 

Jessica Pontes: Diego, tenho dois gatinhos que dormem comigo. Vou trocar minha cama e optei por um modelo box. Qual tecido mais indicado para a cabeceira, e até para a roupa de cama quando se tem bichinhos?

Diego Revollo: Jessica, existem tramas mais sintéticas que apresentam a textura e o toque de tramas naturais, mas tem a vantagem de serem facilmente lavadas em máquinas sem maiores cuidados. Quanto maior a presença de fios sinteticos na trama, mais fácil a manutenção e mais resistente o tecido. Vale ir até uma loja de tecido para conhecer e o que o mercado oferece, você vai se surpreender com as novidades nesse sentido.

. . . . . . . . . . . . . . . 

Regina Ferreira: Eu e meu marido estamos pensando em reformar nosso quarto e como eu durmo cedo e ele adora ler até tarde, queríamos um ambiente que agradasse os dois. Pode nos dar algumas dicas, principalmente de iluminação para resolvermos esse empasse? Obrigado e parabéns pelo seu trabalho.

Diego Revollo: Essa questão da leitura é muito comum. Para leitura, costumo indicar as luminárias direcionáveis ao invés do abajur. A luz do abajur, mesmo sendo mais aconchegante, ela é sempre mais difusa. A luminárias de leitura que muitas vezes é articulada tem um foco mais concentrado e alguns modelos são até dimerizados, o que permite um ajuste ainda na intensidade do foco. Dessa forma seu marido conseguirá uma iluminação precisa e concentrada apenas no livro o que te incomodará menos.

Luz direcionada na cabeceira. Projeto: Diego Revollo

Luz direcionada na cabeceira. Projeto: Diego Revollo

. . . . . . . . . . . . . . . 

Giovanna Romanato: Quero dar uma repaginada no meu quarto, mas sem gastar muito $. Qual seria a sua sugestão ou dica para eu investir que me ajudaria a ter um quarto mais moderno e divertido?

Diego Revollo: Giovanna, já repaginei quartos de clientes meus que retornaram alguns anos depois para dar essa atualizada e os resultados sempre foram muito bons. A premissa é essa mesma, a de tentar reaproveitar os móveis mudando os tecidos, revestimentos e cores. Comece com a parede da cama, que já provoca uma mudança bem impactante. Coloque um revestimento de papel de parede, por exemplo. Eles não costuma pesar no orçamento, já que estamos falando de apenas uma parede. Em seguida, vá para a cabeceira da cama, e depois para os criados. Lembre de guardar uma parte do orçamento para uma colcha nova que também pode transformar o clima do quarto.

. . . . . . . . . . . . . . . 

Mariana Moschioni: Olá Diego, tudo bem? O que fazer quando o quarto é pequeno e possibilita apenas uma posição para a cama? TV suspensa na parede ou com painel?

Diego Revollo: Mari, nos menores quartos que eu projetei, acabo optando pela cama box, pois é essencialmente a dimensão do colchão, e um painel cabeceira em marcenaria que ocupa menos espaço que os modelos tradicionais. Sempre é possível conseguir que o quarto fique confortável. TV, de preferência, suspensa. Se você puder prever os pontos na parede, melhor ainda. O painel, somente se for para esconder os fios.

. . . . . . . . . . . . . . . 

Fal Prestes: Gosto de quarto claro mas não branco, poderia me indicar alguma tendência de cor que fique aconchegante?

Diego Revollo: Os tons acinzentados são sempre bem-vindos e podem ser combinados com uma variedade incrível de cores. A minha sugestão é pensar a estrutura, ou seja, paredes em um cinza mais “queimado” ou um bege acinzentado, e colocar a cor na colcha, manta e almofadas. Um cinza claro nunca irá pesar e é bastante atual.

Quarto cinca projetado por Revollo

Quarto cinca projetado por Revollo

Veja também: 10 quartos projetados por Diego Revollo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *