Casamentos Babies & Kids 15 anos
Topo

Blog

Exibindo página 2 de 538

Navegue como ou

Decoração contemporânea, chic e bordô para apartamento paulistano

Uma explosão de cores aliada à mistura bem dosada de móveis e peças com perfume dos anos 1970, este é o resumo deste apartamento projetado por Diego Revollo em São Paulo. O marcante bordô foi o ponto de partida da decoração, pedido do próprio morador. Foi daí que veio a ideia do arquiteto de revestir todo o home theater com tecido. O ambiente se tornou o grande destaque do apartamento, e o pano de fruto perfeito para o living em tons claros. Para complementar a cor bordô, tons de verde e azul.

Os acabamentos pesados saíram de cena para dar espaço ao mix de identidades. Aqui, a estrutura clara resultante de integração entre os espaços trouxe leveza ao que antes era um lugar escuro e compartimentado. “Com luz abundante e fluidez de layout, escolhemos uma paleta de cores rica para um décor contemporâneo e chic, conta Diego.

Outro diferencial deste projeto é a mistura de tonalidades de madeiras naturais, começando pelo piso claro em madeira Tauarí, passando pela madeira tom de mel Carvalho no terraço, painel na madeira acinzentada Grigio, e indo até uma madeira escura Ébano de Macassar, na cômoda/bar do living. Madeiras que unidas às tonalidades neutras do apartamento, trouxeram equilíbrio e aconchego.

No mobiliário, o mix de estilos é o ponto alto. Poltrona estilo francês, sofá da década de 60, o dourado trazendo a década de 70 para algumas peças… O mix também fica evidente nos objetos, com texturas e acabamentos diversos, passando pelos tradicionais até os contemporâneos. “Muranos, vidros coloridos, cerâmicas e tons diferentes de metais, como latão e prata”, diz Diego.

(Fotos: Divulgação)

. . . . . . . . 

Veja também: Decoração contemporânea em azul, bege e cinza

E mais: Paixão por azul dita reforma em apartamento paulistano

Como deixar sua salada sempre fresca

As férias acabaram e é hora de retomar a rotina! Inclusive, a rotina alimentar. Um dos maiores desafios é organizar as compras e ter tudo a mão para o dia a dia. Se só moram duas pessoas na sua casa, os alimentos podem acabar estragando antes de serem consumidos.

No verão, ficamos com mais vontade de comer saladas e pratos frios, por isso, vamos aproveitar a época para ajustar a alimentação. Darei algumas dicas para manter sua salada sempre fresquinha e facilitar o preparo.

Assim que chegar da feira ou do mercado, não tenha preguiça e separe um tempo para lavar as verduras e legumes. Passe-os em água corrente e deixe de molho com um produto próprio para a higienização dos alimentos por cerca de 15 minutos. Retire as folhas, enxágue e seque bem com um pano de prato limpo ou com aqueles aparelhos que centrifugam. Tirar a umidade fará com que as folhas fiquem mais crocantes e durem mais.

Guarde-as em um recipiente com tampa ou em saquinhos plásticos que fechem. Eles são ótimas opções, já que não ocupam espaço na geladeira. Outra dica que ajuda na conservação é colocar papel toalha entre as folhas, uma camada de cada. Dá para fazer tanto com folhas ou com temperinhos, já que as ervas costumam estragar facilmente.

Com essas dicas, você consegue se organizar e sempre ter os ingredientes em casa. Assim, é só pegar a salada na geladeira, colocar no prato e temperar! Chega de desculpas para a preguiça de fazer uma refeição saudável à noite!

Até a próxima,

Karina

Drª Karina Al Assal é nutricionista graduada pelo Centro Universitário São Camilo, especialista em nutrição clínica pelo Hospital Sírio Libanês, especialista em nutrição clínica funcional pelo Instituto Valéria Paschoal e mestranda em nutrição e cirurgia metabólica do aparelho digestivo pela Faculdade de Medicina de São Paulo.

Veja também: Descubra qual o melhor óleo para usar na cozinha

E mais: Germinação de grãos para agregar valor nutricional à dieta

Receita de arroz lambe-lambe da Ana Luiza Trajano

A chef Ana Luiza Trajano, do Instituto Brasil a Gosto, acaba de lançar seu mais novo livro. Intitulo de “Básico: enciclopédia de receitas do Brasil” (compre neste link), ele traz em suas páginas mais de 512 receitas divididas em: tira-gosto, petiscos, pratos principais, misturas, acompanhamentos, sobremesas, pães e quitandas para acompanhar o cafezinho no final da refeição. Aproveitamos a novidade para pedir uma das receitinhas do livro para inspirar vocês. Dá uma olhada no passo a passo do arroz lambe-lambe dela:

Ingredientes:

– 1 kg de mariscos de mangue frescos
– ½ cebola grande picada
– 2 dentes de alho picados
– 1 pimentão amarelo sem casca em cubos médios
– 2 colheres (sopa) de óleo de milho
– 2½ xícaras (chá) de arroz branco
– 5 xícaras (chá) de caldo de legumes (receita abaixo)
– 4 tomates sem casca em cubos médios
– ½ maço de cebolinha-verde picada
– ½ maço de coentro picado
– Sal a gosto

Modo de preparo:

1. Mergulhe os mariscos na água por 30 minutos, para tirar o excesso de areia; descarte os que se abrirem.

2. Refogue a cebola, o alho e o pimentão no óleo de milho, até murchar um pouco.

3. Junte o arroz e mexa para envolver no óleo.

4. Cubra com o caldo morno (ou água morna), tempere com sal e acrescente os mariscos, o tomate e metade das ervas.

5. Cozinhe até o arroz ficar macio; descarte os mariscos que não se abrirem, pois não estão saudáveis para o consumo.

6. Finalize com as ervas restantes e sirva.

Ingredientes para o caldo de legumes:

– 2,8 litros
– 1 hora
– Fácil
– 1 cenoura
– 2 cebolas
– 1 alho-poró
– 3 talos de salsão
– 5 grãos de pimenta-do-reino preta
– 1 ramo de tomilho
– Talos de salsinha
– 1 folha de louro

Modo de preparo:

1. Corte a cenoura, a cebola, o alho-poró e o salsão em pedaços com cerca de 1 cm.

2. Coloque todos os ingredientes em uma panela grande com 3 litros de água e aqueça em fogo alto.

3. Quando ferver, diminua o fogo e cozinhe por cerca de 40 minutos.

4. Deixe esfriar, coe e guarde.

Rendimento: 6 porções | Tempo de preparo: 1h20