Casamentos Babies & Kids 15 anos

Not so desperate housewife

Navegue como ou

Compostagem: jeito simples de reciclar o lixo orgânico em casa

Admito a minha completa ignorância, pois até outro dia nunca tinha ouvido falar em compostagem. O tema surgiu em uma conversa durante o making of de um editorial com a Magnólia Makeup. Estava comentando que queria fazer algumas coisas para reduzir a produção de lixo em casa (a questão do lixo mundial anda me preocupando ultimamente), quando a Anita, da Magnólia, me perguntou por que eu não comprava uma composteira. Ela me explicou como funcionava e eu achei o máximo! Depois comentei aqui na redação e nem todo mundo conhecia. Então achei que valia falar do assunto no blog, porque a compostagem parece ser a maneira mais sustentável de se reciclar o lixo orgânico que produzimos em casa! Segundo a Prefeitura, só na cidade de São Paulo, mais de 5 MIL TONELADAS de lixo orgânico doméstico são enviados DIARIAMENTE para aterros sanitários!!! É um problema sério!! Bom, mas vamos ao que importa: O QUE É COMPOSTAGEM?  Basicamente, a compostagem é a transformação dos restos dos alimentos do dia a dia em adubo caseiro realizada por minhocas. A técnica não é nova, os agricultores já usam há tempos, mas o interessante é que a compostagem doméstica em grandes cidades vem ganhando muitos adeptos. COMO É A COMPOSTEIRA?  A composteira, ou minhocário como alguns chamam, é formada por três caixas. Nas duas primeiras caixas vai a terra, sendo a superior com minhocas. Após o processo de compostagem, a caixa do meio está repleta de húmus (adubo) e na caixa inferior, que tem uma torneirinha, fica armazenado o chorume. Este, rico em nutrientes e livre de agrotóxicos, é ótimo para borrifar nas plantas. A Anita me mostrou uma foto...
Leia mais

Primeiro almoço de Páscoa em casa

Ano passado, fizemos nosso primeiro almoço de Páscoa. Havíamos nos mudado há pouco e apesar de a casa ainda não estar 100% pronta, queríamos receber a família. Fizemos uma mesa simples em amarelo e laranja, sem grandes produções... mas acho que combinou com a decoração rústico-clean-contemporânea do apartamento. rs Contei com a ajuda da minha cunhada, que é louca por Páscoa (e Natal), e tem um acervo de coelhos, ninhos e ovinhos de deixar a Cecilia Dale com inveja! rs Ela também mandou fazer o caixote para o arranjo central. Pegamos como referência uma mesa de Páscoa da Martha Stewart com narcisos, que eu achei que combinaria bem com os quadros da sala de jantar. Seguindo o meu lema de praticidade, encomendei o almoço no Zest in the Box, que todo ano prepara um menu de Páscoa para entrega. Escolhi nossos pratos preferidos. Uma delícia como sempre!  O almoço do Buffet Zest: * E falando em Páscoa, já viram todos os posts na nossa tag dedicada ao tema? Tem muitas ideias lindas! [author] [author_image]http://casaedecor.constancezahn.com/wp-content/uploads/sites/3/2015/05/constance-zahn.jpg[/author_image] [author_info] O site leva o meu nome, mas é aqui na coluna "Not so desperate housewife" que escrevo em primeira pessoa sobre as minhas experiências como dona de casa. Ainda tenho muito o que aprender nesse papel, mas já não estou mais completamente desesperada.[/author_info]...
Leia mais

Onde compro orquídeas lindas por um bom preço

Faz tempo que quero dar a dica de onde compro orquídeas lindas por um bom preço, mas como ganho muita flor (♥) e as orquídeas duram uma eternidade lá em casa, estava sem comprar há uns bons meses...! (queria tirar fotos para ilustrar o post) Hoje foi dia de renovar meu "orquidário" e lá fui eu na minha floricultura favorita: a Cobasi ! "Mas Cobasi não é loja de produtos para animais?" você pode estar se perguntando... Sim, é essa mesma! Eu não tenho animais, mas entrei por curiosidade um dia e descobri que eles vendem flores e artigos de jardinagem também. Eles têm uma variedade ótima de cores e tamanhos (amo as mini!), sempre bem floridas e com um preço amigo (na casa dos R$ 20 para as maiores). Comprar em floricultura é impensável (acho uma fortuna), já Ceasa / Mil Plantas / Uemura são muito longe da minha casa, não compensa a viagem... Anos atrás, minha mãe comprava no Carrefour, mas desde que a Cobasi abriu uma unidade no nosso bairro (mais especificamente na R. Augusta, entre a Al. Tietê e a Al. Franca) viramos clientes. Não tenho tempo nem disposição para ficar trocando semanalmente arranjos de flores de corte, por isso amo orquídeas para a casa! São plantadas, duram muito, não dão trabalho... a flor perfeita para mim! [author] [author_image]http://casaedecor.constancezahn.com/wp-content/uploads/sites/3/2015/05/constance-zahn.jpg[/author_image] [author_info] O site leva o meu nome, mas é aqui na coluna "Not so desperate housewife" que escrevo em primeira pessoa sobre as minhas experiências como dona de casa. Ainda tenho muito o que aprender nesse papel, mas já não estou mais completamente desesperada.[/author_info]...
Leia mais

Mesa posta despojada

Se eu fosse escolher um adjetivo para definir a minha casa, acho que seria "despojada". Acho lindas aquelas decorações bem clássicas, com tudo simétrico, móveis antigos... mas a minha casa é o oposto! rs Nossa mesa de jantar é de carvalho com os veios da madeira bem aparentes, temos muitas peças mais rústicas misturadas a outra de linhas retas... no fim é um rústico-contemporâneo sem frescura (o dia que ficar 100% pronta eu mostro aqui). E o estilo da casa, que reflete muito bem o dos moradores, também é impresso na maneira como gostamos de receber. Como já comentei antes, somos festeiros e gostamos de fazer reuniões maiores. Mas fora isso, sempre tem amigos que vão jantar com a gente durante a semana ou domingo. Nada planejado, sem convites com antecedência. É convite de última hora mesmo: "Tá fazendo alguma coisa? Quer jantar lá em casa?" rs Para esses momentos super descontraídos, eu gosto que a mesa siga a mesma linha. Primeiro porque não dá nem tempo de preparar arranjos muito elaborados - se não usar alguma flor que já está em casa mesmo, corro no Pão de Açúcar que tem algumas ou então uso mais velas. Segundo que o menu normalmente é caseirinho. Terceiro porque eu gosto do clima aconchegante das mesas não-impecáveis. rs E como inspiração, gosto muito das mesas abaixo: Essa é uma mesa de almoço de Páscoa que a Gwyneth Paltrow montou (postamos aqui) há alguns anos. Desde que vi, fiquei fissurada na ideia de não usar nem sousplat nem jogo americano, mas confesso que ainda não coloquei...
Leia mais

Introdução à dieta ayurvédica

Ano passado, estava folheando uma revista no salão, quando li uma matéria sobre o livro que contava a história de Laura Pires. Não sou do tipo que gosta de ler sobre doenças, porque fico impressionada, mas essa matéria me chamou a atenção! Vou contar bem resumidamente pra vocês: Laura tinha 23 anos e um belo dia acordou sentindo uma coisa estranha no olho, achou que fosse um cisco. O olho não melhorou, outros sintomas se manifestaram e o que ela tinha, na verdade, era esclerose múltipla. A doença se agravou bem rápido e, em pouco tempo, ela já estava com a visão super prejudicada, com dores fenomenais pelo corpo, mal conseguindo comer e, se não me engano, na cadeira de rodas. Depois de ir a diversos médicos no Brasil sem perspectivas de cura, ela decidiu recorrer à Ayurveda (medicina milenar indiana) e embarcou para uma clínica na Índia. Seu tratamento foi à base de ervas, chás, óleos, nova dieta, yoga, meditação, exercícios de respiração, massagens, rezas... e hoje, depois de meses e de uma mudança radical na alimentação e estilo de vida, Laura está curada! Eu não tive coragem de ler o livro "Em Busca da Cura - A Íncrível Jornada" (porque, como disse antes, sou impressionada), mas tenho certeza absoluta de que a leitura deve ser transformadora! Não à toa, desde que li essa matéria na revista, fiquei com a palavra "ayurveda" na cabeça. Acredito muito na importância do equilíbrio entre mente e corpo para a saúde, sei dos benefícios da meditação e da yoga, então a história da Laura Pires fez todo o sentido para...
Leia mais

O perfume que deu certo na minha casa

Tirar alguns dias de descanso é sempre uma boa ideia, mas voltar para a casa da gente não tem preço. Depois de uma temporada nas Maldivas para comemorar meus dois anos de casada, cheguei nessa terça-feira (14) e tive uma gostosa surpresa: um perfume novo nas minhas roupas de cama e banho. Fui conversar com a Lu, fiel escudeira que cuida da minha casa como ninguém, e ela me disse que era o Comfort verdinho (Lírio Branco e Bergamota) que eu tinha deixado pouco antes de viajar. Dai minha ficha caiu! Lembra que contei na semana passada sobre a ação super bacana que a Comfort me convidou para participar? Bem antes do que eu imaginava, já estou de volta para dizer que o teste deu super certo!!! Me identifiquei com o perfume logo que cheguei, foi incrível! Se vocês também quiserem descobrir o perfume de vocês, é só fazer o teste que a marca preparou. Vou republicar ele aqui para ficar mais fácil. Vale conferir como deixar as roupas além de macias, com um perfume inspirador!...
Leia mais

O perfume das nossas roupas

A Comfort criou uma ação super bacana e me convidou para participar. Como estou cada vez mais envolvida com tudo o que é relacionado à casa, aceitei o convite de cara. Eu sou muito ligada em aromas. Sempre tenho flores, home sprays, velas, etc para perfumar os ambientes. Acho que dão uma sensação de conforto e bem estar. E com as roupas não é diferente. Quando saí da casa da minha mãe, fiz o supermercado para a 'nova casa' com o meu marido. Não me lembro quem escolheu o amaciante e nem como escolhemos... só sei que quando lavamos as roupas pela primeira vez logo percebi que aquele não era o perfume que eu estava acostumada, não era o perfume de roupa lavada na casa da minha mãe! rs Engraçado como a gente se apega inconscientemente a esses detalhes...! Como o meu marido estava acostumado com um outro perfume - o da casa da mãe dele! -, decidi que encontraria um que ficasse marcado como o da 'nossa casa'. Por isso achei interessante quando a Comfort me procurou. A marca desenvolveu um teste para descobrirmos qual perfume mais combina com a nossa personalidade. E o meu resultado foi que logo o lírio, uma flor que adoro ter em casa, é o perfume que mais combina comigo. A fragrância do Comfort Lírio Branco & Bergamota é super gostosa! É uma combinação diferente, floral e cítrica, então ainda vou testar pelas próximas semanas pra ver se o meu marido também vai gostar do novo perfume para as roupas. E se vocês também quiserem descobrir o de vocês, é só...
Leia mais

10 dicas para decorar a casa sozinha(o)

Já faz alguns meses que estou na função de decorar a casa. Não totalmente sem ajuda, porque minha mãe que já tem bastante experiência no assunto é uma maravilhosa colaboradora e meu marido também é bastante participativo (por sorte, temos o mesmo gosto! Não sei como seria se fosse diferente...!). Aqui no blog, publicamos muitos Home Tours de casas/apartamentos lindos decorados por profissionais mega talentosos! Eles são uma fonte incrível de inspiração para mim! Referência é fundamental! Mas acho uma delícia fazermos tudo por nossa conta, com calma, deixando a casa com a nossa cara aos poucos! E pensando um pouco na minha experiência, fiz uma listinha de 10 dicas para quem vai se aventurar na decoração. 1. Assim como em casamentos, pastinhas de referências ajudam demaaais (e, para isso, o Pinterest é super útil!). A gente nunca consegue reproduzir um ambiente de uma foto exatamente (e nem precisa!), mas é bom para dar um norte de estilo, de cartela de cores... 2. Comece pelos móveis grandes, como sofás, mesa de jantar... e depois adicione os menores "satélites", que devem combinar com eles. 3. "Demonstração" é tudo de bom! Pergunte sempre se a loja oferece a possibilidade de entregar o móvel/objeto em casa para você testar. Muitas vezes, o que a gente acha lindo na loja não funciona em casa. 4. Cuidado com compras pela internet ou em lojas de outras cidades. Fique atento às políticas de troca ou devolução do dinheiro. Porque na hora de comprar tudo pode parecer muito fácil... às vezes dizem que você pode devolver se não gostar, mas na hora H não é bem assim... é bom se informar...
Leia mais

Jantar tropical

Fizemos um jantar em casa outro dia com o Buffet Zest para um grupo de amigos estrangeiros que adora peixes e frutos do mar. Além de uma delícia, os pratos estavam tão lindos que fiz algumas fotinhos: Escolhi a louça de orquídeas da D. Filipa: O bar de ostras: Salada de medalhão de lagosta com mangas ao vinagrete de jerez. Usamos algumas peças lindas de cerâmica (como esta abaixo) da D. Filipa: Haddock ao vapor com creme champanhe e ovas com aspargos verdes: Mil folhas de mandioquinha com cebolinhas carameladas: Carré de cordeiro (opção de carne vermelha) em crosta de pistache com redução de porto, cebolinhas pérola e maçãs assadas: Lagostins gratinados com creme de conhaque e amêndoas e pupunha: De sobremesa, maracujá doce fresco e frutas diversas (servidas com calda de chocolate): Terrine de goibada cascão com calda de catupiry: Cocada de forno servida quentinha com abacaxi e calda de laranja e gengibre Sorvete de creme com crocante de pistache e calda de frutas vermelhas (que eu esqueci de fotografar) e a calda de chocolate (que acompanhava as frutas lá em cima): Buffet: Zest Cozinha Criativa | Peças: D. Filipa [author] [author_image]http://casaedecor.constancezahn.com/wp-content/uploads/sites/3/2015/05/constance-zahn.jpg[/author_image] [author_info] O site leva o meu nome, mas é aqui na coluna "Not so desperate housewife" que escrevo em primeira pessoa sobre as minhas experiências como dona de casa. Ainda tenho muito o que aprender nesse papel, mas já não estou mais completamente desesperada.[/author_info]...
Leia mais

Quero ser Mimi Thorisson quando crescer

Hoje, quero apresentar a vocês a housewife que, desde dezembro, é a minha musa mór! Estava eu nas férias de fim de ano, tomando uma xícara de chá e contemplando a vista do hotel para um parque... quando vejo a revista Condé Nast Traveler. Não sou de ler revistas de viagens, mas a capa despertou o meu interesse! A chamada: "Living the dream in the Médoc". Na foto: um cenário lindo com uma mulher chic de trench coat, dois jack russels fofos e duas menininhas saltitantes de botas vermelhas! A dream, indeed! Peguei a revista na hora para ver! É possível que muitos de vocês já a conheçam. Eu não conhecia até então... e lendo a matéria, descobri que a mulher linda, chic e elegante da capa se chama Mimi Thorisson. Por conta do seu irresistível blog Manger, se tornou uma espécie de embaixadora da região de Médoc (conhecida de nome por causa dos vinhos, mas não tão visitada pelos turistas). Porque além dividir receitas genuinamente francesas em seu blog, Mimi também compartilha um pouco do seu dia-a-dia, recheado de visitas aos mercados regionais, ao açougueiro tradicional do vilarejo, às feirinhas de antigüidades repletas de achados incríveis, colheitas de frutas, caças aos cogumelos, passeios pelas vinícolas, suas crianças lindas, as mesas com a família e os amigos... ou seja seu lifestyle pra lá de sedutor no interior da França! E tudo lindamente registrado por seu marido, fotógrafo e diretor de arte. Mimi é filha de pai chinês e mãe francesa, cresceu em Hong Kong, mas passava as férias na casa da avó materna no sul da França, onde aprendeu a cozinhar. Depois de ter morado em...
Leia mais

Meus 5 eletrodomésticos preferidos

Quando era solteira, nunca imaginaria que faria um post com a lista dos meus 5 eletrodomésticos preferidos - nunca pensei que teria eletrodomésticos preferidos! rs Mas no meu papel de dona de casa que busca praticidade, alguns aparelhos me ajudam bastante no dia-a-dia. Não sei se esses eletrodomésticos são os melhores em suas categorias, mas são os que eu mais uso em casa! 1. Geladeira Black Glass Panasonic: Se tem um eletrodoméstico que eu amo é a minha geladeira! E nem só pelo fato de ela ser linda e gastar menos energia (o que é ótimo, claro), mas principalmente - atenção! - porque ela conserva os alimentos por mais tempo! Um dos dramas de quem mora sozinho ou em casal é que tudo vence antes de ser consumido, não é? Frutas, verduras e legumes, então, nem se fala! Pois bem, a minha geladeira nova tem uma luz na gaveta de frutas, verduras e legumes que faz com que os alimentos durem por mais tempo! Não é feitiçaria, é tecnologia!! Tecnologia japonesa, minha gente, que reduz o desperdício de comida e as minhas idas ao supermercado. 2. George Foreman Grill: Lembro que quando fui comprar a minha, uma amiga disse "Ah, nem compra! No fim das contas, eu uso super pouco!". Lá em casa, é o contrário: uso demais! Para tudo! Só pelo sanduichinho sagrado do café da manhã já teria valido o investimento. Mas também acho super prático para carne, frango e até algum legume! Agora eu não me lembro por que eu comprei a azul, mas vendo as fotos acima me dei conta de que o...
Leia mais

Not So Desperate Housewife: Openhouse

  Já faz tempo que queria começar uma coluna aqui no blog dividindo algumas experiências no papel de dona de casa, que tenho aprendido a exercer nos últimos 18 meses. Vejo muitas noivas com saudades da festa de casamento (o que é natural, porque realmente é um dia inesquecível), mas, juro, acho que a melhor parte vem depois do 'sim'! A vida a dois, construir um lar em comum com a pessoa que você ama, escolher os objetos que vão fazer parte da decoração, receber os amigos… é tudo muito gostoso! (a única parte que não gosto tanto é a do supermercado!rs) Antes do casamento, tive muito medo de sofrer ao sair da casa da minha mãe (até fiz um post a respeito), mas curti tanto desde o princípio a nossa casa que percebi que meu medo era exagero. Bom, vale dizer que fui morar perto da minha mãe, para não perdermos tanto o convívio. É importante levar em consideração todos os fatores que nos fazem felizes na hora de escolher o lugar onde vamos morar, não? rs Conversando com as meninas aqui na Redação, pedi sugestões de nome para a coluna. A Aline sugeriu Desperate Housewife. Achei divertido. Mas talvez Not So Desperate Housewife me defina melhor!rs Me vejo como uma "dona de casa moderna", conciliando muiiitas horas de trabalho com a casa para cuidar (por enquanto sem filhos!). O "leve desespero" vem da tal da falta de tempo para ficar em casa e para me dedicar o tanto quanto gostaria às tarefas domésticas. Por conta disso, a minha palavra de ordem é praticidade...
Leia mais