Casamentos Babies & Kids 15 anos

Navegue como ou

Como arrumar a geladeira?

nutricao-em-casa

como-organizar-geladeira

Organizar a geladeira preserva e dá sabor aos alimentos! Parece besteira, mas saber arrumar os alimentos na geladeira é muito importante para conservá-los corretamente. Existe um espaço certo para cada tipo. Muitas vezes, acabamos colocando as coisas no lugar errado, o que faz com que elas estraguem mais rápido. Siga estas dicas e mãos à obra, pois está na hora de colocar essa geladeira em ordem:

– Gavetas inferiores:

São ideais para armazenar verduras e legumes. Por estarem mais longe do freezer, impedem que as folhas fiquem queimadas e com aspecto feio, devido às baixas temperaturas. Embalar tudo em saquinhos também pode ajudar nesse processo.

– Prateleira acima das gavetas:

Aproveite-as para armazenar as frutas. Ah! E todas embaladas em saquinhos plásticos.

– Prateleira do meio:

Ótima para guardar alimentos já processados, sempre em vasilhas com tampa. Dê preferência aos potes de vidro, pois assim há menos chances de contaminar o alimento. As frutas picadas e as carnes que serão descongeladas podem ser colocadas aqui. Lembrando que o período de permanência desses alimentos na geladeira é de 24 horas a, no máximo, 48 horas.

– Prateleira superior:

É a região mais fria da geladeira e, por isso, deve abrigar alimentos mais perecíveis. Coloque os ovos e derivados do leite como iogurtes, queijos e frios. Carnes, frangos e peixes em refrigeração para serem preparados devem igualmente ser armazenados nessa área. Mas atenção! A duração dos peixes é de 24 horas, enquanto que a de carnes e frangos é de 48 horas.

– Porta:

Armazene todas as bebidas.

– Congelador:

Ao congelar os alimentos, lembre-se de colocar a data em que foram guardados e o que é cada refeição. Isso facilita muito na hora de consumi-los. Em geral, os alimentos preparados duram cerca de quatro meses no freezer.

Drª Karina Al Assal é nutricionista graduada pelo Centro Universitário São Camilo, especialista em nutrição clínica pelo Hospital Sírio Libanês, especialista em nutrição clínica funcional pelo Instituto Valéria Paschoal e mestranda em nutrição e cirurgia metabólica do aparelho digestivo pela Faculdade de Medicina de São Paulo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *