Casamentos Babies & Kids 15 anos
Topo

Colunas

Exibindo página 3 de 549

Navegue como ou

Mesa posta: almoço de verão

Queríamos muito fazer um editorial de mesa posta para o verão com cores alegres e vibrantes. E conversando com a querida Fabiana Moura, que já tinha feito nossas mesas de Natal, a ideia evolui e hoje apresentamos nossa aposta para um almoço em casa - uma ótima ideia para quem vai receber durante o carnaval. Para a decoração da mesa, Fabiana pensou em mix de estampas para as louças (a de bolinha é da D. Filipa, que aluga materiais para festas e a amarela da Tok&Stok) e para os jogos americanos (que na verdade são folhas de papel de scrapbook). A cartela de cores foi bem cítrica e marcada pelo laranja, amarelo, rosa e verde. E para arrematar, canudinhos coloridos deram um toque divertido para a produção. Para não "brigar" com tantas cores, Fabiana escolheu os talheres de bambu da D. Filipa. Os menus foram criados aqui e estão disponíveis para download nos nossos Goodies (junto com placecards no mesmo estilo). O centro de mesa combinou arranjos lindos criados por Lucia Milan com orquídeas, cravos, dálias, suculentas e até plantas carnívoras (tendência, segundo Lúcia, e que a gente adorou pelo design exótico) e frutas diversas (laranja, limão, goiaba e caju). A mesa ainda ganhou a companhia de um jardim vertical incrível do Manioca, nossa locação, responsável pelas comidinhas e drinks divinos - além da mesa verde água e cadeiras! Vem ver as fotos que o Roberto Tamer fez: Fotos: Roberto Tamer | Espaço e menu: Manioca | Decoração: Fabiana Moura | Flores: Lucia Milan | Louças: D. Filipa e Tok&Stok | Talheres e copos: D....
Leia mais

Como higienizar frutas com casca, legumes e verduras?

Embora pareça uma questão básica, muitas pessoas ainda têm dúvidas de qual é a melhor maneira de se higienizar frutas com casca, legumes e verduras, principalmente quando consumidas cruas. No entanto, a higienização desses alimentos é essencial. Afinal, muitos dos casos de intoxicação alimentar acontecem pela falta de higiene da comida. Algumas pessoas têm o costume de utilizar vinagre como esterilizante, mas ele não é 100% confiável para eliminar os microrganismos. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomenda que a limpeza dos alimentos seja feita com o hipoclorito de sódio, produto composto com o mesmo princípio ativo da água sanitária, mas com um diferencial: é próprio para consumo, podendo ser encontrado em qualquer supermercado. Mas, como usar o hipoclorito de sódio? Siga o passo a passo abaixo: 1. Lave as frutas, legumes ou verduras uma a uma em água corrente; 2. Em uma bacia, coloque 1 col. (sopa) de hipoclorito de sódio para cada litro de água. Mergulhe os alimentos nessa solução e deixe-os de molho por, aproximadamente, 15 minutos. Retire-os da bacia e enxague em água corrente. Pronto! Eles já estão prontos para consumo. Atenção! Alimentos orgânicos, apesar de não possuírem nenhum tipo de fertilizante, agrotóxico ou pesticida, também entram em contato com fungos e bactérias e devem, sim, ser higienizados antes do consumo. Além disso, no mercado, existem alguns alimentos já higienizados que podem ser considerados mais práticos, apesar de serem mais caros. Mas sempre prefiro fazer a limpeza eu mesma. Até a próxima, Karina Veja também: A abóbora: uma aliada de peso na alimentação E...
Leia mais

DIY: Papel de presente pintado + anemona de crepom para enfeitar

Eu adoro personalizar os papéis que uso para embrulhar os presentes de Natal, e essa opção é super rápida e fácil. Aproveitei e já deixei outras folhas prontas para futuras embalagens. A anêmona da um toque mais feminino, já que escolhi cores escuras, e a opção com a fita deixa o resultado mais moderno e masculino. Mãos à obra? Para a pintura do papel Você pode usar o tipo de papel que preferir. Eu usei papel de seda e color plus. O papel de seda é sempre mais “chatinho”na hora de embalar, já que a massa com facilidade, mas é uma opção mais barata. Já o color plus deixa a embalagem mais elegante. Para a pintura, fiz uma mistura de tinta acrílica azul escura e pérola. A idéia era criar uma cor que não desse tanto contraste quanto o branco e que tivesse um pouco de brilho. Mergulhe o pincel na tinta e não retire nenhum excesso, pois isso é o que vai criar os diferentes tamanhos e dar textura. Depois é só levantar as cerdas do pincel com o dedo e se divertir criando sua pintura. Para a Anemona Para a anêmona, você vai precisar de papel crepom (de preferência parafinado), algodão, durex, tesoura e arame encapado, que você encontra em armarinhos ou loja de materiais para artesanato. Prenda o algodão na ponta do arame e cubra com o papel crepom. Corte uma tira de crepom com 7cm de comprimento e 5cm de altura. Depois corte uma franja e enrole ao redor do miolo da flor. Corte as...
Leia mais

Editorial: decoração em branco, dourado e vermelho para o almoço de Natal

Continuando o Editorial de Natal (para ver a primeira parte, clique aqui), chegou a hora da decoração em branco, dourado e vermelho para o almoço de Natal. Nesta proposta, Fabiana Moura levou o decor central da mesa da ceia (as bolas, os castiçais e os presentes) para outros cantinhos da casa. Algumas peças foram mantidas também no almoço, mas a mesa como um todo ganhou um ar um pouco mais casual. Mariana Bassi fez os lindos arranjos de flores brancas com cinerárias e sementinhas vermelhas. O vermelho também surgiu no acabamento dos pratos da D. Filipa e nas cerejas que repousaram sobre os guardanapos da Zara Home. Os lugares foram marcados com pinhas pintadas de dourado. Vem ver as fotos do Roberto Tamer para a mesa do almoço de Natal: Decoração: Fabiana Moura | Fotos: Roberto Tamer | Sousplats, pratos, talheres e taças: D. Filipa | Guardanapos e caminhos de mesa: Zara Home | Arranjos de flores e vasos: Mariana...
Leia mais

Saiba como deixar a ceia de Natal e Ano Novo mais light

A maioria das pessoas já reserva as festas de final de ano para o ganho de alguns quilinhos, mas também é possível deixar a ceia de Natal ou Ano Novo mais light sem abrir mão da fartura característica dessa época do ano. O maior problema dessas datas é que a mesa costuma ter tantas opções que acabamos querendo comer um pouco de tudo, o que deixa nossa refeição bem mais calórica. Por isso, minha sugestão é organizar o prato, ou seja, escolher apenas uma opção de carboidrato, outra de proteínas e complementar com saladas, legumes e verduras. O carboidrato pode ser um arroz com vários grãos – além de ter um baixo índice glicêmico combina com o peru –, ou um “arroz de couve-flor”. Basta refogar a couve com cebola e alho até que ela fique al dente, temperar com sal e outros ingredientes da sua preferência e depois picar bem. A lentilha, outro alimento típico das celebrações de Ano Novo, também pode ser uma boa opção no Natal, pois tem um baixo índice glicêmico e combina com os demais pratos. Como proteína, por que não trocar o tender pelo peru? Ele é bem menos calórico, tem baixo teor de gorduras e também é super saboroso. Já a farofa, um alimento quase obrigatório nessa época do ano, pode ser feita de uma maneira mais saudável e rica em nutrientes, utilizando castanhas e sementes. Basta misturar as castanhas de sua preferência com sementes de girassol e abóbora – antes, você pode quebra-las de maneira bem rústica – e colocar no...
Leia mais

A abóbora: uma aliada de peso na alimentação

Inspirada pelo clima de Halloween resolvi destacar as propriedades de um dos meus alimentos preferidos, a abóbora! Existem diversos tipos de abóboras, a usada no Halloween é a moranga, tradicionalmente conhecida por suas sementes ricas em gorduras monoinsaturadas, que ajudam a diminuir o colesterol ruim. Mas, mais do que isso, a semente também é uma fonte de vitaminas e minerais, com destaque para o magnésio, essencial para o relaxamento muscular. O alimento também contém triptofano, aminoácido responsável por fabricar serotonina, aquele neurotransmissor responsável pela sensação de bem estar. Portanto, a semente de abóbora é uma ótima opção de lanche da tarde, hora que temos mais vontade de carboidratos ou doces, devido à queda de serotonina, neurotransmissor que atua no cérebro e é responsável por regular o nosso sono, humor e apetite. Já a abóbora cabotiã, além de ser uma delícia, é uma ótima fonte de carboidratos, pois tem alto teor de fibras, baixo índice glicêmico e poucas calorias. Para os meus pacientes, sempre recomendo substituir o arroz ou a batata por abóbora, uma vez que o legume é rico em betacaroteno, um antioxidante importante tanto para a saúde dos olhos como para manter aquele bronzeado. Bom, não?! O ideal é consumir o alimento no lugar da sua porção de carboidrato no almoço ou no jantar. Existem diversas maneiras de preparo, como uma deliciosa sopa de abóbora com gengibre, ótima opção para um jantar light e rico em nutrientes. O gengibre irá conferir sabor e adicionar propriedades anti-inflamatórias e digestivas ao caldo. Outra opção é a abóbora assada com ervas,...
Leia mais

Onde compro orquídeas lindas por um bom preço

Faz tempo que quero dar a dica de onde compro orquídeas lindas por um bom preço, mas como ganho muita flor (♥) e as orquídeas duram uma eternidade lá em casa, estava sem comprar há uns bons meses...! (queria tirar fotos para ilustrar o post) Hoje foi dia de renovar meu "orquidário" e lá fui eu na minha floricultura favorita: a Cobasi ! "Mas Cobasi não é loja de produtos para animais?" você pode estar se perguntando... Sim, é essa mesma! Eu não tenho animais, mas entrei por curiosidade um dia e descobri que eles vendem flores e artigos de jardinagem também. Eles têm uma variedade ótima de cores e tamanhos (amo as mini!), sempre bem floridas e com um preço amigo (na casa dos R$ 20 para as maiores). Comprar em floricultura é impensável (acho uma fortuna), já Ceasa / Mil Plantas / Uemura são muito longe da minha casa, não compensa a viagem... Anos atrás, minha mãe comprava no Carrefour, mas desde que a Cobasi abriu uma unidade no nosso bairro (mais especificamente na R. Augusta, entre a Al. Tietê e a Al. Franca) viramos clientes. Não tenho tempo nem disposição para ficar trocando semanalmente arranjos de flores de corte, por isso amo orquídeas para a casa! São plantadas, duram muito, não dão trabalho... a flor perfeita para mim! [author] [author_image]http://casaedecor.constancezahn.com/wp-content/uploads/sites/3/2015/05/constance-zahn.jpg[/author_image] [author_info] O site leva o meu nome, mas é aqui na coluna "Not so desperate housewife" que escrevo em primeira pessoa sobre as minhas experiências como dona de casa. Ainda tenho muito o que aprender nesse papel, mas já não estou mais completamente desesperada.[/author_info]...
Leia mais

DIY: flores de papel

No DIY de hoje, Juliana Daidone ensina a fazer flores de papel crepom! No começo do ano, ao lado da artista Sonia Miraglia, a Ju fez uma mesa em parceria com a Clarissa Rezende no Fashion Weekend Kids. Em um dos espaços do evento, as flores de papel compuseram a decoração junto com os arranjos lindos da Monica Rezende:  Você pode aproveitar e fazer esse DIY junto com as crianças! É uma maneira super divertida de exercitar a criatividade: https://youtu.be/tfcGrZ1lu8Q [author] [author_image]http://casaedecor.constancezahn.com/wp-content/uploads/sites/3/2014/02/juliana-daidone.jpg[/author_image] [author_info]Juliana Daidone é formada em Marketing e, em 2002, abriu a SaLA. Depois de 6 anos, resolveu se reciclar, partiu para Nova York, fez Parsons, aprendeu muito e voltou para reativar a SaLA com novas propostas. Hoje, mantém uma loja online, dá assessoria a lojistas, mantém um blog e continua cheia de surpresas, mas, no fundo, Juliana é uma arteira, daquelas que botam a mão na massa, sempre a mil por hora, colocando em prática as ideias mais interessantes. E adora compartilhá-las![/author_info]...
Leia mais

O que comprar no supermercado para uma alimentação saudável (de verdade)

Muitas vezes queremos dar início a uma rotina saudável, mas não sabemos exatamente o que comprar para compor nosso cardápio. Por isso, vou dar algumas dicas de alimentos que podem entrar na sua lista de compras. A ideia é que você obtenha pelo menos um alimento de cada grupo indicado abaixo. Dessa forma, você certamente terá em casa recursos para uma alimentação saudável. CARBOIDRATOS: sempre costumo indicar os tubérculos, pois eles possuem mais fibras e vitaminas em sua composição do que o arroz ou o macarrão. Sendo assim, procure variar entre mandioquinha, batata doce, inhame e mandioca. O ideal é lavar bem, cozinhar e deixar na geladeira já cozido. Podem ser usados em saladas, assados ou até mesmo como acompanhamentos ou lanches intermediários. PROTEÍNAS: procure optar pelas proteínas vegetais como grão de bico, feijão, ervilha, lentilha ou edamame. Atente-se apenas ao modo de preparo, uma vez que alguns deles devem ser deixados de molho antes do preparo como o grão de bico e o feijão. A quinua é outra ótima fonte de proteína vegetal. Se preferir comprar proteína animal, escolha entre ovos, peixes, carnes magras ou frango. OLEAGINOSAS: por serem uma ótima opção de gordura saudável, as oleaginosas devem estar sempre presentes. Castanhas do Pará, castanhas de caju, pistache, amêndoas ou nozes proporcionam sensação de saciedade, além de serem anti-inflamatórias e ricas em minerais. Podem ser acrescentadas na comida ou consumidas em lanches da tarde. Entre as opções de gordura saudável também vale acrescentar o azeite extra virgem. LEGUMES E VERDURAS: opte pelas verduras verde escuras como brócolis, espinafre, escarola ou...
Leia mais

Mesa posta despojada

Se eu fosse escolher um adjetivo para definir a minha casa, acho que seria "despojada". Acho lindas aquelas decorações bem clássicas, com tudo simétrico, móveis antigos... mas a minha casa é o oposto! rs Nossa mesa de jantar é de carvalho com os veios da madeira bem aparentes, temos muitas peças mais rústicas misturadas a outra de linhas retas... no fim é um rústico-contemporâneo sem frescura (o dia que ficar 100% pronta eu mostro aqui). E o estilo da casa, que reflete muito bem o dos moradores, também é impresso na maneira como gostamos de receber. Como já comentei antes, somos festeiros e gostamos de fazer reuniões maiores. Mas fora isso, sempre tem amigos que vão jantar com a gente durante a semana ou domingo. Nada planejado, sem convites com antecedência. É convite de última hora mesmo: "Tá fazendo alguma coisa? Quer jantar lá em casa?" rs Para esses momentos super descontraídos, eu gosto que a mesa siga a mesma linha. Primeiro porque não dá nem tempo de preparar arranjos muito elaborados - se não usar alguma flor que já está em casa mesmo, corro no Pão de Açúcar que tem algumas ou então uso mais velas. Segundo que o menu normalmente é caseirinho. Terceiro porque eu gosto do clima aconchegante das mesas não-impecáveis. rs E como inspiração, gosto muito das mesas abaixo: Essa é uma mesa de almoço de Páscoa que a Gwyneth Paltrow montou (postamos aqui) há alguns anos. Desde que vi, fiquei fissurada na ideia de não usar nem sousplat nem jogo americano, mas confesso que ainda não coloquei...
Leia mais

Conheça 5 mitos e verdades sobre o ovo

O ovo já foi vilão e mocinho na nutrição, mas qual a sua verdadeira identidade? Abaixo, listo alguns mitos e verdades para tirar dúvidas sobre um dos alimentos que mais gosto de prescrever, justamente por sua qualidade nutricional. Claro, desde que você não seja alérgica a ele. Muitas pessoas possuem alergia ao ovo (talvez mais do que ao glúten e ao leite), no entanto, para obter esse diagnóstico é preciso realizar um exame específico que verifica alergias tardias. 1. Ovo ajuda a melhorar a memória – VERDADE A colina, substância presente na gema do ovo, é um nutriente fundamental para o desenvolvimento cerebral humano e uma grande aliada da memória, por isso se diz que o ovo pode contribuir nessa área. Mas sem exageros. O recomendado é consumi-lo apenas três vezes por semana. 2. Aumenta o mau colesterol – MITO Os ovos são ricos em colesterol, mas têm uma baixa quantidade de gordura saturada. Além disso, a substância, encontrada principalmente na gema, não é suficiente para aumentar os níveis de colesterol no organismo. 3. Faz bem para os músculos – VERDADE Apesar de a gema possuir mais proteínas, é na clara que a albumina, substância essencial para o crescimento muscular, está presente. Portanto, se quiser ganhar massa muscular, o ideal é consumir o ovo no jantar, uma vez que a albumina tem uma lenta absorção. 4. Aumenta as chances de doenças cardiovasculares – MITO Por possuir fosfolipídio, substância que impede que o colesterol seja captado pelo intestino, o ovo acaba sendo, na verdade, um aliado no combate às doenças...
Leia mais

Entenda o que é e como funciona a dieta detox

A abreviação “detox” vem de detoxificação do organismo, principalmente do fígado, o principal órgão responsável pela eliminação de toxinas presentes em alimentos com muita gordura, sal, açúcar, corantes, conservantes e agrotóxicos. A desintoxicação pode ser aplicada de diversas maneiras e o seu principal objetivo é se livrar das toxinas e substâncias que sobrecarregam nosso corpo de alguma maneira e podem prejudicar o bom funcionamento do nosso organismo. A dieta detox consiste basicamente em adicionar nutrientes em falta no organismo, além de vitaminas e minerais que melhoram a função do fígado. Esses nutrientes estão presentes em legumes, verduras (principalmente as escuras), frutas frescas e secas, castanhas, ervas e especiarias. Mas cuidado: “limpar o organismo” NÃO significa passar fome ou entrar em dietas malucas por um curto período de tempo e depois voltar a comer tudo errado. Muito pelo contrário, temos que encher nosso corpo de nutrientes para que nosso fígado consiga trabalhar de forma eficiente. O importante é retirar da dieta os alimentos que o corpo sofre mais para digerir e metabolizar como glúten, leite e derivados, aditivos, conservantes, corantes, açúcares, adoçantes, produtos refinados, industrializados e álcool. Claro que existem estratégias para melhorar o processo de eliminação de metabólitos pelo fígado com alguns biativos ou vitaminas específicas que costumo orientar de acordo com cada organismo. Mas a dieta detox, tão comentada ultimamente, nada mais é do que uma alimentação saudável. Vale lembrar que antes de começar um detox é importante cuidar do intestino e garantir que ele esteja bem regulado. De nada vai adiantar fazer uma desintoxicação do organismo se...
Leia mais

Introdução à dieta ayurvédica

Ano passado, estava folheando uma revista no salão, quando li uma matéria sobre o livro que contava a história de Laura Pires. Não sou do tipo que gosta de ler sobre doenças, porque fico impressionada, mas essa matéria me chamou a atenção! Vou contar bem resumidamente pra vocês: Laura tinha 23 anos e um belo dia acordou sentindo uma coisa estranha no olho, achou que fosse um cisco. O olho não melhorou, outros sintomas se manifestaram e o que ela tinha, na verdade, era esclerose múltipla. A doença se agravou bem rápido e, em pouco tempo, ela já estava com a visão super prejudicada, com dores fenomenais pelo corpo, mal conseguindo comer e, se não me engano, na cadeira de rodas. Depois de ir a diversos médicos no Brasil sem perspectivas de cura, ela decidiu recorrer à Ayurveda (medicina milenar indiana) e embarcou para uma clínica na Índia. Seu tratamento foi à base de ervas, chás, óleos, nova dieta, yoga, meditação, exercícios de respiração, massagens, rezas... e hoje, depois de meses e de uma mudança radical na alimentação e estilo de vida, Laura está curada! Eu não tive coragem de ler o livro "Em Busca da Cura - A Íncrível Jornada" (porque, como disse antes, sou impressionada), mas tenho certeza absoluta de que a leitura deve ser transformadora! Não à toa, desde que li essa matéria na revista, fiquei com a palavra "ayurveda" na cabeça. Acredito muito na importância do equilíbrio entre mente e corpo para a saúde, sei dos benefícios da meditação e da yoga, então a história da Laura Pires fez todo o sentido para...
Leia mais

O perfume que deu certo na minha casa

Tirar alguns dias de descanso é sempre uma boa ideia, mas voltar para a casa da gente não tem preço. Depois de uma temporada nas Maldivas para comemorar meus dois anos de casada, cheguei nessa terça-feira (14) e tive uma gostosa surpresa: um perfume novo nas minhas roupas de cama e banho. Fui conversar com a Lu, fiel escudeira que cuida da minha casa como ninguém, e ela me disse que era o Comfort verdinho (Lírio Branco e Bergamota) que eu tinha deixado pouco antes de viajar. Dai minha ficha caiu! Lembra que contei na semana passada sobre a ação super bacana que a Comfort me convidou para participar? Bem antes do que eu imaginava, já estou de volta para dizer que o teste deu super certo!!! Me identifiquei com o perfume logo que cheguei, foi incrível! Se vocês também quiserem descobrir o perfume de vocês, é só fazer o teste que a marca preparou. Vou republicar ele aqui para ficar mais fácil. Vale conferir como deixar as roupas além de macias, com um perfume inspirador!...
Leia mais

O perfume das nossas roupas

A Comfort criou uma ação super bacana e me convidou para participar. Como estou cada vez mais envolvida com tudo o que é relacionado à casa, aceitei o convite de cara. Eu sou muito ligada em aromas. Sempre tenho flores, home sprays, velas, etc para perfumar os ambientes. Acho que dão uma sensação de conforto e bem estar. E com as roupas não é diferente. Quando saí da casa da minha mãe, fiz o supermercado para a 'nova casa' com o meu marido. Não me lembro quem escolheu o amaciante e nem como escolhemos... só sei que quando lavamos as roupas pela primeira vez logo percebi que aquele não era o perfume que eu estava acostumada, não era o perfume de roupa lavada na casa da minha mãe! rs Engraçado como a gente se apega inconscientemente a esses detalhes...! Como o meu marido estava acostumado com um outro perfume - o da casa da mãe dele! -, decidi que encontraria um que ficasse marcado como o da 'nossa casa'. Por isso achei interessante quando a Comfort me procurou. A marca desenvolveu um teste para descobrirmos qual perfume mais combina com a nossa personalidade. E o meu resultado foi que logo o lírio, uma flor que adoro ter em casa, é o perfume que mais combina comigo. A fragrância do Comfort Lírio Branco & Bergamota é super gostosa! É uma combinação diferente, floral e cítrica, então ainda vou testar pelas próximas semanas pra ver se o meu marido também vai gostar do novo perfume para as roupas. E se vocês também quiserem descobrir o de vocês, é só...
Leia mais

Conheça os mitos por trás dos alimentos diet e light

Ainda tem muita gente que me pergunta se existe diferença entre alimentos diet e light. E eu respondo: sim, toda a diferença! E, digo mais, é preciso tomar cuidado na hora da escolha. Os alimentos diet possuem isenção de um ingrediente específico, geralmente o açúcar, sendo indicados para pessoas diabéticas. Já os alimentos light possuem redução de 25% a 35% de algum ingrediente que compõe o alimento, podendo ser calorias, gorduras, açúcares, sal, entre outros. Esses alimentos, no entanto, não são sinônimos de emagrecimento. Veja um exemplo: quando pegamos um alimento que tem quase 100% de gordura, como o creme de leite, sua versão light terá uma redução de 25% nessa gordura, mas mesmo assim, o produto ainda terá mais da metade de sua composição sendo gordura, ou seja, ainda é muita coisa. Veja alguns outros mitos sobre o assunto: - Alimentos light não têm gordura: MITO Como falei anteriormente, o fato de possuir menos gordura não significa que ela esteja ausente. - Por ser light, posso comer o quanto quiser: MITO Se você consumir grandes quantidades de um alimento light, vai acabar consumindo mais calorias do que se estivesse comendo o produto com suas características originais. - Gestantes não podem consumir alimentos diet: MITO Não há nada que impeça as gestantes de consumirem produtos diet, mas eu costumo recomendar que se dê preferência aos normais. - Chocolate diet não engorda: MITO Mesmo não contendo açúcar em sua composição, os chocolates diet geralmente possuem até um teor maior de gordura quando comparados aos normais, podendo conter mais calorias. Até...
Leia mais

Quer uma alimentação saudável? Comece mudando o arroz que você come

Que o arroz integral é muito mais saudável do que o branco, não é nenhuma novidade. Mas você sabia que existem outros tipos de arroz, ainda mais nutritivos do que o integral e, cá entre nós, mais gostosos? Todos eles possuem como fonte principal o carboidrato, elemento fundamental para nos dar energia, principalmente se for de boa qualidade e rico em fibras. Sendo assim, aproveite para conhecer algumas novas opções e varie o cardápio diário! Arroz vermelho: muito apreciado na Ásia, é rico em fibras e em vitaminas do complexo B. O mais interessante nesse arroz é que ele possui algumas gorduras de boa qualidade como ômega 3, em sua composição. Embora não possamos falar que “é uma fonte de ômega 3”, ele se mostra como uma opção saudável ao nosso organismo. Arroz selvagem: sem dúvida, é o mais caro de todos, mas também o que tem a melhor composição nutricional, uma vez que possui um alto teor de fibras e proteínas e baixo teor de carboidrato. Além disso, tem a vantagem de ser rico em ferro. Arroz negro: conhecido como “arroz proibido” porque os imperadores chineses o consideravam uma iguaria com poderes “afrodisíacos”. Curiosidades à parte, ele é um arroz rico em flavonoides, fibras e proteínas. Depois de cozido, apresenta uma coloração roxa bem escura, o que caracteriza os compostos antioxidantes. Arroz branco: o tipo mais tradicional da culinária brasileira apresenta maior teor de carboidratos, alto índice glicêmico e poucas fibras, quando comparado aos outros. Embora seja muito gostoso, infelizmente, não possui muitos micronutrientes em comparação aos demais....
Leia mais

Como escolher a melhor panela para sua cozinha

Parece estranho, mas você sabia que a panela que você usa para cozinhar interfere diretamente no alimento e, consequentemente, na sua saúde? É por causa disso que muita gente ainda fica na dúvida sobre qual tipo e modelo de panela escolher. Atualmente, há tantas formas, tamanhos e materiais que ficamos mesmo perdidos. Bem, todas elas têm seus prós e contras, mas algumas podem ser mais prejudiciais a nossa saúde. Vejamos os diferentes tipos: - ALUMÍNIO: são as que possuem o menor custo, mas as que levantam mais discussões, já que, quando utilizadas, liberam alumínio, um metal pesado muito prejudicial ao organismo que pode trazer diversas doenças, principalmente, neurodegenerativas. - INOX: tudo depende da qualidade da marca e do tempo de uso da panela, uma vez que estudos mostraram que as mais novas não contaminam os alimentos, enquanto que as mais velhas podem oferecer esse risco. Assim como as de alumínio, as panelas de inox também podem liberar metais tóxicos na comida, como o níquel. Seu consumo pode causar doenças no longo prazo. - ANTIADERENTE: compostas pelo ácido perfuoro-octanóico (PFOA) e pelo politetrafluoretileno (PTFE), extremamente tóxicos, as panelas antiaderentes desgastadas pelo uso devem ficar longe da cozinha para evitar que pequenas quantidades dessas substâncias sejam depositadas no alimento. Caso sejam novas, a recomendação é ter cuidado para não riscá-las durante a lavagem com outros utensílios ou pela esponja de aço. - VIDRO: indicada por não liberar nenhuma substância tóxica no alimento, as panelas de vidro são bem cotadas para o serviço, mas além de não serem fáceis de encontrar, costumam reter muito...
Leia mais