Casamentos Babies & Kids 15 anos
Topo

Navegue como ou

Aprenda a escolher tecidos para móveis e paredes com a Entreposto

Durante 18 anos, Regina Zuccolo emprestou seu bom gosto ao decorar apartamentos para incorporadoras e à frente gestão de desenvolvimento de produtos para a Daslu. Mas em 1994, decidiu seguir voo solo e abrir a Entreposto. Hoje, 22 anos depois, a empresa se destaca pela apurada seleção de móveis e peças de decoração, e por coleções de tecidos premium, como define Roberto Zuccolo, filho da arquiteta e nome à frente da loja.

A gente foi conhecer a nova coleção, Lisboa (que está linda!!!), pegar dicas de decoração com o empresário e seus dois braços direitos, Suzi BettisDaniella Paolone, e comer uma fatia dos famosos bolos de lá.

entrevista-loja-decoracao-entreposto

– Desde o começo vocês constroem uma verdadeira casa para cada coleção. Este seria o maior diferencial da Entreposto?

A ideia sempre foi montar a loja como se fosse uma casa para receber amigos e clientes. Onde eles pudessem encontrar peças que realmente trazem alma de lar para suas casas. E temos de tudo, desde móveis até livros, vasos e peças de antiguidade que a Regina compra em leilões e viagens. E o mais legal é que está tudo aplicado. Ele vê o sofá e consegue imaginá-lo na sua sala, porque ele está em uma sala aqui dentro.

entrevista-loja-decoracao-entreposto1

– Quando começou o namoro com os tecidos?

Em 2003, a Regina fez sua primeira coleção de tecidos para solucionar um problema: entregar seus móveis com um revestimento adequado e bonito. Deu tão certo, que muitos clientes começaram a pedi-los para aplicar em suas casas e projetos.

– E o carro-chefe continuam sendo os estampados?

Ainda são grandes diferenciais, mas hoje temos tecidos de todos os tipos e para todos os ambientes, inclusive áreas externas e quartos infantis. Já conseguimos montar uma casa inteira.

entrevista-loja-decoracao-entreposto2

– E são todos fabricado por vocês?

Não. Trabalhamos com 30 fábricas, cada uma especialista em um tipo de tecido.

– E qual a dica que vocês dão para quem está procurando um tecido para cortina?

Ele precisa ser translúcido e leve. A dica que a gente dá na hora de mandar fazer é garantir um pré-encolhimento antes, e deixar uma barra maior dobrada por dentro, para sempre que encolher nas lavagens, você ir soltando.

entrevista-loja-decoracao-entreposto3

– E quando pensamos no sofá?

Normalmente um tecido mais grosso, como jacquard, camurça, que pode durar mais de 15 anos. Mas se for optar por capa, dai é possível investir em um tecido mais confortável e fino, como o linho. Também vai durar bastante tempo, mas tem uma manutenção mais fácil.

– Algum tecido que vocês recomendam para quem tem animais?

A camurça, com certeza. É resistente, dura muito tempo e é fácil de limpar, porque já vem com um tratamento impermeabilizante de fábrica.

entrevista-loja-decoracao-entreposto16

– Para o quarto de criança e bebê o que é mais indicado?

Olha, o comum é os pais quererem tecidos naturais por conta do toque. Porém, eles sofrem muito com intempéries do tempo. Então, é bom saber que irão durar pouco tempo. E se o escolhido for o algodão, fica a dica de verificar se ele foi pré-encolhido antes da fabricação, porque ele tende à encolher. Os mais indicados são os de poliéster, que é de fácil manutenção. E hoje já se encontram estes tecidos com toques mais naturais e aparência de linho, por exemplo.

entrevista-loja-decoracao-entreposto22

– Quais as vantagens e desvantagens de se aplicar tecido na parede?

Ele tem excelentes isolamentos acústico e térmico, além de acabamento mais gostoso, ainda mais quando você aplica com a espuma por baixo. O tecido não é aconselhado para ambientes úmidos, como banheiro com chuveiro e cozinha.

– Quando a gente fala de tecido, quais os cuidados principais?

Na mistura de tecidos. Precisa se certificar como cada um reage com o tempo e a limpeza. Um pode ceder mais que o outro e estragar o resultado em pouco tempo.

entrevista-loja-decoracao-entreposto12

– E vocês aplicam os tecidos?

Nos nossos móveis, cúpulas de abajures, almofadas e babado da cama, sim. No restante a gente indica profissionais parceiros.

E como vocês também trabalham com móveis e peças decorativas, toda coleção tem novidade?

Sim. Uma parte são móveis que a gente chama de Manual Entreposto, que são 80 peças que podem ser encomendas em diferentes medidas. E para toda coleção tem garimpo, gravuras, vasinhos, livros e porta-retratos com o tema. Nesta de Portugal, por exemplo, temos galos, galinhas…

entrevista-loja-decoracao-entreposto20

entrevista-loja-decoracao-entreposto21

entrevista-loja-decoracao-entreposto17

entrevista-loja-decoracao-entreposto15

entrevista-loja-decoracao-entreposto11

entrevista-loja-decoracao-entreposto7

entrevista-loja-decoracao-entreposto31

entrevista-loja-decoracao-entreposto27

(Fotos: Gabriela Dal Moro e Divulgação)

Veja também: 7 dicas valiosas para projetar o guarda-roupa com a Ornare

E mais: Aprenda a reconhecer e escolher peças de antiquariato com Arnaldo Danemberg

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *