Casamentos Babies & Kids 15 anos

Navegue como ou

10 dicas para decorar a casa sozinha(o)

Not-So-Desperate-Housewife-porCZ
Já faz alguns meses que estou na função de decorar a casa. Não totalmente sem ajuda, porque minha mãe que já tem bastante experiência no assunto é uma maravilhosa colaboradora e meu marido também é bastante participativo (por sorte, temos o mesmo gosto! Não sei como seria se fosse diferente…!).

Aqui no blog, publicamos muitos Home Tours de casas/apartamentos lindos decorados por profissionais mega talentosos! Eles são uma fonte incrível de inspiração para mim! Referência é fundamental! Mas acho uma delícia fazermos tudo por nossa conta, com calma, deixando a casa com a nossa cara aos poucos!

E pensando um pouco na minha experiência, fiz uma listinha de 10 dicas para quem vai se aventurar na decoração.

10dicas-decorarsozinho

1. Assim como em casamentos, pastinhas de referências ajudam demaaais (e, para isso, o Pinterest é super útil!). A gente nunca consegue reproduzir um ambiente de uma foto exatamente (e nem precisa!), mas é bom para dar um norte de estilo, de cartela de cores

2. Comece pelos móveis grandes, como sofás, mesa de jantar… e depois adicione os menores “satélites”, que devem combinar com eles.

3.Demonstração” é tudo de bom! Pergunte sempre se a loja oferece a possibilidade de entregar o móvel/objeto em casa para você testar. Muitas vezes, o que a gente acha lindo na loja não funciona em casa.

4. Cuidado com compras pela internet ou em lojas de outras cidades. Fique atento às políticas de troca ou devolução do dinheiro. Porque na hora de comprar tudo pode parecer muito fácil… às vezes dizem que você pode devolver se não gostar, mas na hora H não é bem assim… é bom se informar antes para não ficar com um mico em casa depois.

5. Tenha algumas medidas importantes anotadas no celular (tamanho de determinadas paredes, tamanho da mesa para a qual está procurando cadeiras, etc), porque às vezes, a gente encontra um item incrível por acaso, quando menos espera…! Minha mãe anda até com uma trena na bolsa, just in case...!rs

6. No que vale a pena investir? Não acho que $$ seja sinônimo de casa bem decorada (não mesmo!), mas se você estiver com o budget limitado, na minha opinião, priorize: 1) sofá(s) – a mesa de centro pode até ser de caixotes de feira, mas o sofá vale a pena ser de boa qualidade / 2) cadeiras da sala de jantar – cadeiras com um belo design fazem tooooda a diferença, mais que a mesa / 3) abajures – porque chamam a atenção no ambiente e são bem decorativos 4) last but not least colchão – não é um item exatamente “decorativo”, mas é comprado quando se está montando a casa… e se passamos boa parte das nossas vidas dormindo, não podemos economizar nisso! (já fizemos um post sobre o assunta aqui)

7. Tenha paciência! Os prazos de entrega dos móveis costumam ser longos e quando você vai vendo as coisas aos poucos, depende de um para encomendar o próximo…. ou seja, pode demorar muitos meses até a casa ficar 100% pronta. Mas é gostoso fazer aos poucos! (para os muito ansiosos, talvez não… rs)

8. Objetos de viagens trazem a história de vocês para a casa. Fuja das lojas de souvenirs e inclua as lojas descoladas ou bacanas de decoração nos roteiros de viagem. Muito mais legal que trazer bibelôs, é trazer objetos que você veja ou use no dia-a-dia! (exs: louças, porta-guardanapos, enfeites para a mesa de centro ou para o bar, enfim, eu trago tudo!rs)

9. Iluminação é tão importante na decoração quanto móveis! Não negligencie essa parte. Quadros bem iluminados, luzes indiretas, abajures… a iluminação valoriza objetos, dá o clima de aconchego… E dimer na sala, na minha opinião, é fundamental!

10. E se você precisar de uma mãozinha rápida, há arquitetos que oferecem uma consultoria de horas. Nunca usei, mas imagino que possa ajudar bastante! (A In House é um exemplo de escritório de arquitetura que oferece o serviço “express”.)

O site leva o meu nome, mas é aqui na coluna “Not so desperate housewife” que escrevo em primeira pessoa sobre as minhas experiências como dona de casa. Ainda tenho muito o que aprender nesse papel, mas já não estou mais completamente desesperada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *